terça-feira, outubro 20, 2015

Corredoras fazem história na segunda edição da W21K ASICS








Confesso que este ano fiquei bem pensativa com relação a ir ou não correr em São Paulo a W21Asics. Pensei, pensei e acabei não indo. Mas nossa depois de ver este e-mail, ao qual compartilho com vocês, acredito que ano que vem estarei lá. Pretendo correr esta prova. Vejam que linda:



By Asics:
Prova agitou a região da USP na manhã deste domingo

 
 

"As ruas da região de São Paulo foram dominadas por milhares de corredoras, na manhã deste domingo, durante a segunda edição da W21K ASICS, que este ano foi especial, pois promoveu o Outubro Rosa, incentivando as mulheres a correrem pela luta contra o câncer.
Com um crescimento de 54% em relação a 2014, 2259 mulheres desafiaram os 21K, num percurso predominantemente plano. A largada foi às 7h da manhã na USP, com temperatura de 16 graus e garoa fina.
Pensado na segurança de todas as corredoras, o percurso que passou pelo Jockey Club, contou uma estrutura de excelência, contemplando postos de hidratação a cada 2 km, isotônico a cada 4 km, gel carboidrato, equipe médica preparada e experiente, e ativações ao longo do percurso. Ao cruzar a linha de chegada, as corredoras foram festejadas pelos amigos e familiares.
A vitória ficou com Giovanna Martins, que passou a maior parte do tempo atrás de Larissa Quintão, mas no 17º quilômetro assumiu a ponta e não perdeu mais. “Não esperava a vitória, já que há 20 dias corri a Maratona de Berlim e não estou totalmente recuperada. Estou muito feliz em vencer essa prova que se torna mais especial por ser voltado às mulheres guerreiras que somos”, falou a vencedora. Larissa terminou na segunda posição, seguida por Noeme Pereira, Rozirene Moraes e Joisse Silva.
Concluintes recebem medalha e pingente especial – Além da tradicional medalha de concluinte, as corredoras receberam um pingente banhado a ouro, miniatura da medalha. Inspirado nas flores da cerejeira, símbolo da cultura japonesa e da felicidade, a peça foi desenvolvida pela designer de joias Stephanie Stein, em parceria com a ASICS e a Iguana Sports (organizadora da prova).
A experiência única de correr uma prova 100% voltada às mulheres foi aprovada pelas participantes. “A prova é pensada em seus mínimos detalhes para agradar as corredoras, desde a retirada do kit até a entrega da medalha de finisher, que é linda. Estamos acostumadas a correr junto com os homens, mas correr apenas entre mulheres é diferente. Uma apoia a outra o tempo inteiro. Corri ano passado e voltarei em 2016, com certeza”, contou Carol Spera, de 35 anos.
Outro destaque da W21K ASICS, foi a estrutura da arena pós-corrida, que contou com centro de beleza com cabeleireiro e massagem, centro de recuperação com quiropraxia e crioterapia, aulas de zumba, além de ações de fotos, tornando sua experiência ainda mais inesquecível.


Mulheres na Luta Contra o Câncer – Em prol do movimento, todas as mulheres foram incentivadas a correrem com um lacinho rosa e após a corrida deixaram todos eles em um painel com mensagens de incentivos às pessoas que enfrentam o câncer.
A ação fez parte do Outubro Rosa, campanha mundial que simboliza a luta contra o câncer de mama. A campanha Accelerate Hope (www.asicsbrasil.com.br/acceleratehope), criada pela ASICS para conscientizar as pessoas sobre a prevenção e o combate ao câncer através do esporte irá reverter parte da renda dos produtos da coleção Accelerate Hope à Fundação do Câncer do Rio de Janeiro.

Olha os belos resultados:
Resultados
1 – Giovanna Martins – 01h21min51seg
2 – Larissa Quintão – 01h22min52seg
3 – Noeme Pereira – 01h25min27seg
4 – Rozirene Moraes – 01h25min55seg
5 – Joisse Silva – 01h30min21seg

Nenhum comentário: