segunda-feira, setembro 14, 2015

XXX Corrida do Águia - 2015

(Voltarei para postar fotos)



Os treinos melhoraram meu condicionamento e as postagens estão cada dia mais em atraso. Ontem, dia 13 de setembro, pela primeira vez tive o prazer de correr a XXX Corrida do Águia. Não por que nunca tivesse tido vontade, mas por que nunca tinha dado certo. Ou sei lá, nem lembro. Andei rebelde sem correr as provas da FBA durante uns tempos...rs!!!

Para muitos esta sempre foi uma corrida bastante temida. E de fato tem lá seus motivos. Ela valeu mais que uma meia maratona. Ainda mais debaixo daquele sol escaldante, que fez muitos passarem mal.

Imagem by Patricia Narriman
Embora fosse 11km, com alguns trechos de elevação... Nos 400m finais, havia a tão temida ladeira do zoológico. Nunca treinei por lá e ainda que com a parceria de Ricardo Estrategia no incentivo, senti que que a pegada era punk!!! rs!! Andei uns tiquinhos. Já havia subido de bike, mas não me recordava ser tão grande assim. 400 m finais bem difíceis e que não vou ser hipócrita sofri. Ainda para completar engoli água pelo nariz, no pé da ladeira. Eu não estava em um bom dia para correr, estava sentindo dor na perna direita (devido a um alongamento mal feito durante a semana). Pensei em não participar, mas sempre com a  vontade falando mais alto fui. Para minha sorte hoje estou sentindo bem menos o desconforto que senti desde a quinta-feira e como precaução vou ficar uns dias sem treinar observando. Fui de ousada, por que o certo seria repouso. As corridas estão muito próximas uma da outra e por isso requer prudência. O que tem me feito pensar milhões de x se vou ou não para a Farol a Farol. Mas enfim.... corri e cheguei dentro do tempo planejado pelo professor, antes de saber que eu estava sentindo a perna.

Largamos eu, Sarah - minha cunhada, e Ricardo. A ideia era corrermos toda prova juntos. Se alguém se sentisse melhor fosse embora. Tanto eu, ela, quem fosse. Eu preferia que chegássemos todos juntos e por diversas vezes virava para chamá-la. Sei que ficar chamando as x isso pode ser bom ou ruim. Então teve um momento que Rick disse para seguirmos que ela viria. Corrida é assim, mas eu confesso que ainda fico meio assim. Não gosto de comparações.... além de estar pisando em pódios de fato competitivos agora. O que para mim sempre foi brincadeira e fuáaa!!! Corrida é tão relativa. Um dia um esta melhor que o outro. As x ela, as x eu, e as x Rick, assim como os demais. Então nem tem por que existir comparações. Hoje tenho tempo para treinar. Amanhã se não tiver todos vão passar de mim, e daí??? Ontem era Rick que estava melhor que as duas embrulhadas juntas.... subiu a ladeira voando e passando de todos. Mas segurou a onda para ir com a gente. 

Gostei bastante de participar desta prova. Na minha faixa etária embora tivesse ido já sabendo que seria apenas para participar, ainda rolou um 3 lugar. E que me deixa muito orgulhosa por ser ao lado destas duas feras  - Miriam que eu já conhecia e admirava, e Patricia (não conhecia). Sou nova nesta faixa e estou conhecendo as colegas agora. 


No fim foi um domingo super bacana.  Enquanto o corpo esta agindo legal vou aproveitando para correr.... logo mais volto as obrigações da faculdade e com certeza o rendimento se não mantiver os treinos em alta irá cair. Gostaria de deixar registrado minha admiração por Mariana Meneses da Hércules.  Que me deu o maior incentivo para me superar neste dia. Incentivando-me para que eu melhorasse. Obrigada Mari. Quero ter sempre pessoas do seu estilo por perto. Que não deixa subir para cabeça. Pódio é  mera consequência, apenas demonstra apenas nossa disciplina Você foi minha inspiração quando eu estava treinando para meia maratona. Por que a via como uma pessoa normal e que treinava também superando seus receios. Na Baltazar eu aprendi a te admirar, aliás naquela eu já me inspirava em você.

Aproveito este fim de postagem para emitir minhas observações frente aos excessos que percebi nesta prova, mas que acontecem sempre. Que por sinal momento algum podemos culpar organização. Foi uma corrida organizada. Só achei que largou tarde. Mas tinha muitos postos de hidratação: ok! Como passei logo não sei como ficou a assistência para os que vinham atrás. Quanto a isso não ouvi nada. 

No entanto queria chamar atenção para aqueles que as vezes deixam de se hidratar para ganhar segundos a menos na prova. Ou que correm além do preparado. Ontem vi muita gente passar mal. Isso não é incomum, em todas as corridas ocorre. Mas tenho visto muitos excessos e fico preocupada. Gente faça em prova somente o que estão aptos  a fazer e se estiver se sentindo bem. Não esta, reduz ou para. Isso não é um desestimulo para que corra melhor. Não!!! mas um estimulo para que se quer forçar, treine. Quando eu treinava mal, nunca me excedi em provas. Ia no passo pangaré e nunca tive vergonha de chegar pangareando. Levo cada medalha com mesmo orgulho. Lembrava sempre de uma fala que um dia um nutricionista me disse. Passe mal em treinos, mas não passe na prova. Sou medrosa isso é fato. Mas sinto que o medo embora as x paralise, também evita este tipo de coisa. No mais é isso.... vamos correrrrr....

Uma semana iluminada a todos!!!

terça-feira, setembro 01, 2015

Circuito da Longevidade.... agora foi!!!



Imagem por Edson Magoolin 

Pela quarta vez marquei presença no Circuito da Longevidade, corrida promovida pela Bradesco. Com largada para às 8h, atualmente tenho adquirido a prática de chegar mais cedo na arena. Isso para ter tempo de conversar um pouquinho e aquecer. Diferente da Dart que não tinha "metas" em eventos, atualmente a nova Dart aquece. É mais disciplinada. E assim tem sido enquanto posso e a minha rotina permite. Quando não mais permitir, volto para o oba oba e apenas a  mera participação sem tantas superações. Ou superações por continuar....

A largada ocorreu no horário programado. No entanto dado ao calor que Salvador já tem começado a fazer, penso ser muito tarde. Até mesmo por questões de saúde, já que é o tipo de corrida que inclui toda família.

Após por três anos seguidos ter mantido os 33 min nos 6 km  e sido a 4 colocada na faixa etária...  Ano passado até mesmo deixando de subir no pódio por 1 segundo. Este ano tomei a decisão de ir para o evento com um único objetivo: conquistar o 3 lugar. Pensei desta maneira e ainda assim fiz uma prova confortável. Seguindo um pace proporcional aos meus últimos 10 km. E dado pela calculadora.
Tive o prazer de correr ao lado de pessoas queridas. Henrique o inseparável, sempre Da Hora... Ricardo Estratégia que ajudou muito, Léo Cunha que também me acompanhou momentos finais e ainda meu amor que foi lá me prestigiar e correu alguns metros comigo. 

Corrida feita e promessa cumprida. Melhor do que esperado. Ao invés do 3 lugar conquistei a 2 posição na minha faixa etária (por 5 segundos não fui a campeã). 

Tenho dito que este ano estou sendo muito feliz na pista. Não pelos pódios conquistados, isso tem sido o de menos. Mas por estar me superando. Vencendo minha própria mente. Não há coisa pior que se bloquear por medos. Sendo assim tem sido conquistas pessoais, mas que conto com o apoio de muitos amigos e familiares.
As vezes quem lê aqui nem imagina o que há por detrás de horas de treinos, disciplina e dedicação. Além disso tudo temos o apoio de pessoas que às vezes acreditam mais na gente que nós mesmos.

Por isso sempre faço questão de agradecer ao meu prof Renato Maia por acreditar em mim. A Silvana Alves que muito me identifico na equipe. Aos amigos, familiares, meu amor, minha cunhada. Todos....sempre. 

Adquirida a disciplina e já tendo conquistado o queria para este ano, estou bem mais tranquila. Sem muitas ambições para o segundo semestre. A partir de agora apenas me preparando para uma nova meia e na dúvida se participo ou não da Farol a Farol. Não quero sobrecarregar o corpo com muitas provas e já tenho tido muitas seguidas. Por isso ainda pesarei. A vontade sempre é maior. Mas minha prudência sempre fala alto também. Cada um segue como acha que convém....eu prefiro ir na cautela sempre.