segunda-feira, setembro 29, 2014

Testando a tecnologia F.O.R.M na véspera da Mizuno Half Marathon

Na véspera da Mizuno Half Marathon, a convite da marca participei de um teste de nome F.O.R.M. (Form Optimizer of Running Methodology). Nada mais é que uma avaliação postural que foi desenvolvida pela Mizuno do Japão e chega ao Brasil para ser testada por alguns corredores para após estes testes serem realizados com consumidores. Em Salvador 8 pessoas foram convidadas para realização do exame, sendo 6 de imprensa - incluindo o blog Vida Corrida e 2 corredores que foram sorteados através de uma lista. Fico imensamente agradecida a Mizuno por este convite e pela lembrança do blog.

Quanto ao F.O.R.M, este chega com o intuito de servir de ferramenta para o aperfeiçoamento do rendimento do corredor, seja ele amador ou de elite. partir de dados de biomecânica relacionados aos atributos segurança, postura, relaxamento, trajetória e balanço analisa-se como o corredor projeta sua corrida durante todo o percurso. Sendo também analisado a  relação entre a força de reação do solo e o movimento do centro de gravidade do corredor.  

Para a realização do teste, foi preciso que me vestisse com uma roupa específica preta, bem como colocasse tênis, sem qualquer tipo de ponto luminoso.Tudo isso com a ajuda de uma fisioterapeuta ( que faz diversas perguntas antes do procedimento) e do operador do teste. 

A corrida deveria ser de cerca de 5 minutos na esteira, no entanto dado ao fato da marcação dos pontos da minha roupa estarem se soltando, acabamos levando 7 minutos.  Mas tudo isso com um excelente atendimento e prestatividade. Dado ao fato da sala estar muito quente, toda hora eles perguntavam se eu queria água. Já que suava muito. 


Enquanto corria, uma câmera frontal e outra lateral capturavam todos os movimentos do meu corpo para que em seguida fossem analisados. O operador do teste “congelou” as principais cenas e desenvolveu a análise, que foi impressa e entregue a mim.  Ahhh!!! além disso os dados são enviados para um software, que faz a leitura postural. E atribui notas para cada um dos quesitos e dicas de como melhorar a corrida. A ideia não é de que estas notas digam se minha corrida é má ou boa. 


Dentre estes itens "segurança, postura, relaxamento, trajetória e balanço" minha melhor pontuação foi quanto a relaxamento 72pts e mais baixa em balanço 65pts. Durante o exame foi dito que possuo uma passada boa, larga, mas que preciso baixar mais o calcanhar na parte detrás para melhorar meu rendimento (última foto do meu corpo ao lado). Além disso rotacionar menos o tronco. No mais o exame prevê que se fizesse uma maratona meu tempo de conclusão seria de 4h28min o que me deixa muito feliz, já que não acreditava muito neste tempo.


Adorei participar deste exame e agradeço a Mizuno pela oportunidade. Sei que mudar postura é algo que exige dedicação, mas com o tempo teremos bons resultados. Pós teste fui entrevistada pela Patrícia Abreu (a trabalho para Mizuno) que estava aguardando na porta para saber como havia sido o procedimento e quais minhas observações. As melhores possíveis, penso que este teste pode ajudar e muito, mesmo aquele atleta amador. 

Principalmente para não se machucar. 

Um comentário:

tutta disse...

Bacana demais Dart.
Parabéns.

Beijo e boas corridas.


tutta/Baleias-PR
www.correndocorridas.blogspot.com.br