segunda-feira, setembro 29, 2014

Mizuno Half Marathon em Salvador - IMPECÁVEL, ainda mais com recorde pessoal!!!! Minha Décima meia maratona....


Dentre as tantas fotos tiradas na corrida de ontem, não teria foto melhor (que a acima) a ser escolhida que expressasse tamanha satisfação que fiquei com esta prova. Superou e muito nossas expectativas. Fui muito feliz na Mizuno Half Marathon Salvador!!! Sem choramingar, confesso que nem imaginava que fosse correr tão bem e que o evento fosse esta maravilha que foi. Quanto ao correr bem, quem me conhece sabe que é por que não tenho feito longão (só fiz um treino de 12km no dia 16/09) e tenho feito pouquíssimos treinos. Isso tenho até cedido treinar cedinho.

Meu namorado me vendo ansiosa como toda véspera de meia maratona, ainda me perguntou se queria companhia nos últimos quilômetros. Fingi estar segura e pedi que ele nem aparecesse na arena, pois tinha compromisso muito mais importante. Segredinho, off: Por dentro eu estava morrendo de medo, de não concluir os 21km. Mesmo sabendo que é a quilometragem que mais gosto e curto. Mas me comportei e fiquei caladinha dizendo que estava tudo sob. controle....

A retirada dos kits foi realizada no sábado, dia que antecedia a corrida e na própria arena do evento - onde havia  care station feminino e masculino (local de massagem), Mizuno Store com os últimos lançamentos da marca e ainda teste de pedígrafo para os corredores. 

Ainda no espaço estava havendo um teste de avaliação postural com tecnologia F.O.R.M,. Mas para este, apenas 8 pessoas foram convidadas para fazer. Sendo 6 de imprensa e 2 atletas que foram sorteados em lista. Fui uma das convidadas como imprensa por conta do blog, em postagem separada falo sobre minha experiência com o exame. Além de fazer o exame, peguei o  kit, com a companhia de Henrique da Hora. Após o exame aproveitamos um pouco o espaço.

Ainda na noite do sábado, fomos para pizzaria juntamente com os amigos de Aracaju (Cidinha, Fernando, Riva), Henrique, meu amor, Lucas Monteiro e minha irmã. 
Saída bacana e deu para encher bem o tanque!!! Mas penso que voltamos muito tarde e para complicar minha vida tive insônia.  Devo ter dormido se muito 3h. Mas às 5h do domingo já estava de pé.


                                                                            O grande dia.....

Eu e Henrique chegamos na arena da prova às 6h. Madrugamos literalmente.... tempo suficiente de ver os amigos, bater fotos e mais fotos e mandar a ansiedade para cucuias. 

Quem disse? Este frio na barriga só vai embora quando começo a correr. E mesmo assim ainda assim ele insiste em me atrapalhar, quando estou chegando no pórtico.  rsss!!! Ahhhh medo do coração pifar!!! coisas da mente, rss....

Diversos pontos positivos para este evento. Largada pontualíssima!!!!! 7h já estávamos correndo. O circuito era fechado e sabem que odeio né?? Mas estou numa fase tão boa, que o que vier para mim sempre é lucro. rs!! Preferi não me esquentar com o percurso. Mas confesso prefiro aberto e se puder colocar como dica, esta é a minha. Este zig zag não sou muito fã. Mas enfim, fingi que era aberto.... rs!!! (Ainda que fosse fechado bem que podia ter sido sentido Barra. Mais bonito / fica como sugestão em caso de ser fechado). 

Eu e Cidinha, de Aracaju, havíamos combinado de correr juntas. Henrique também largaria junto, mas depois nos deixaria. Acabou que acho que por conta de uma lesão ele acabou ficando e concluindo comigo. Já Cidinha, infelizmente se desgrudou da gente no km 6 para o 7km, ainda na Boca do Rio. 

Estrutura: Por todo percurso, a cada 2km tínhamos água, gatorade no km 9,1 e 17,1 , gel de carboidrato no 13,9, esponja para refrescar. Os organizadores foram muito responsáveis e mantiveram 4 UTIs móveis ao longo do  percurso +  4 motos circulando com socorristas para primeiros atendimentos. Estavam muito bem preparados e equipados para qualquer incidente. Mas de tão boa que era a estrutura e segura, por incrível que pareça não vi ninguém passando mal. Se passou não vi. Acho que o fato de ter uma boa hidratação, tanto com água, quanto isotônico e gel evitou qualquer tipo de incidente. No km 5, 10 e 15 também havia marcador de ritmo. Gostei muito da ideia e fiquei ligada quando passamos. Consegui me manter constante, não só por conta destes marcadores, como os demais que ficavam correndo na prova. Eles nos ajudaram demais.


Estrutura e organização impecáveis. Quando a corrida é boa é preciso ELOGIAR.
A MELHOR corrida que já fiz em Salvador. NOTA MILLLL!!!


Como se não bastasse ser o melhor evento, mesmo com o forte calor que fez, consegui bater minha melhor marca. 

Se antes eu me queixava com o sol e calor, nesta prova sequer percebi que ele estava ali. Simplesmente me deixei envolver com todo luxo. Como citei acima, a corrida contava com marcadores de ritmo de 1h 35min, 1h 45 min e 2 horas. O que acabou motivando muita gente. Isso é ótimo principalmente para quem vai sem companhia. Eu no km 8 me encontrei com o de 2h. Na verdade eu estava um pouco a frente deles, ai quando vi que estava muito abaixo do meu tempo eu recuei e tentei segui-los; Conseguindo fazer minha melhor marca nos 21km. Melhor até mesmo que a que fiz no Rio de Janeiro e ficando em 35 do geral feminino. Recorde pessoal!!! huuuu. 

Em Salvador 2:03:07 e no Rio 2:03:59 . Só me restou um belo sorriso de felicidade!!!

Claro que terminei a corrida felicíssima!!! Primeiro por que para falar a verdade eu não estava preparada para correr os 21k, tenho me sentido pouco preparada. Acredito que por estar despreocupada, e chegando lá para fazer o que dê estou batendo marcas. Segundo você não estar e ainda quebrar seu recorde pessoal é TUDO DE BOM!!! Tenho certeza que isso ocorreu devido a toda comodidade do evento. Terceiro acordar na segunda-feira parecendo que não havia corrido no fim de semana, realmente é TUDO!!!!

O que posso dizer é que estou feliz demais!!! Agradeço demais a Mizuno pelo convite para realização do exame. Que por sinal me deixou bastante motivada. Durante o teste disseram que eu corro bem relaxada, este foi um ponto forte do meu exame. Enfim é coisa boa atrás de coisa boa!!! Tem é claro algumas mudancinhas. Nada é só glória. rsss!!

Finalizo esta postagem com uma só palavra: EXTASIADA com o evento. E olha que já participei de algumas provas boas em outros estados, mas esta ainda bateu na frente de algumas delas, uma até que é top e esta no blog.  
  
Parabéns a MIZUNO pelo evento impecável em nossa cidade. E a todos os amigos que participaram e pudemos confraternizar juntos. Agradecimento especial a Ricardo Estrategia pela orquídea linda que ganhei. 


Ano que vem esta já esta em meu calendário. PERFEITAAAAA!!!.... Continuem assim...!!


Ahhh e Parabéns a grande campeã feminina e nossa representante Marily dos Santos!!!

E a todos os amigos que concluíram a prova com sucesso e até mesmo os que não concluíram como queriam!!! Todos nós somos vitoriosos....às vezes só não é o dia.

Testando a tecnologia F.O.R.M na véspera da Mizuno Half Marathon

Na véspera da Mizuno Half Marathon, a convite da marca participei de um teste de nome F.O.R.M. (Form Optimizer of Running Methodology). Nada mais é que uma avaliação postural que foi desenvolvida pela Mizuno do Japão e chega ao Brasil para ser testada por alguns corredores para após estes testes serem realizados com consumidores. Em Salvador 8 pessoas foram convidadas para realização do exame, sendo 6 de imprensa - incluindo o blog Vida Corrida e 2 corredores que foram sorteados através de uma lista. Fico imensamente agradecida a Mizuno por este convite e pela lembrança do blog.

Quanto ao F.O.R.M, este chega com o intuito de servir de ferramenta para o aperfeiçoamento do rendimento do corredor, seja ele amador ou de elite. partir de dados de biomecânica relacionados aos atributos segurança, postura, relaxamento, trajetória e balanço analisa-se como o corredor projeta sua corrida durante todo o percurso. Sendo também analisado a  relação entre a força de reação do solo e o movimento do centro de gravidade do corredor.  

Para a realização do teste, foi preciso que me vestisse com uma roupa específica preta, bem como colocasse tênis, sem qualquer tipo de ponto luminoso.Tudo isso com a ajuda de uma fisioterapeuta ( que faz diversas perguntas antes do procedimento) e do operador do teste. 

A corrida deveria ser de cerca de 5 minutos na esteira, no entanto dado ao fato da marcação dos pontos da minha roupa estarem se soltando, acabamos levando 7 minutos.  Mas tudo isso com um excelente atendimento e prestatividade. Dado ao fato da sala estar muito quente, toda hora eles perguntavam se eu queria água. Já que suava muito. 


Enquanto corria, uma câmera frontal e outra lateral capturavam todos os movimentos do meu corpo para que em seguida fossem analisados. O operador do teste “congelou” as principais cenas e desenvolveu a análise, que foi impressa e entregue a mim.  Ahhh!!! além disso os dados são enviados para um software, que faz a leitura postural. E atribui notas para cada um dos quesitos e dicas de como melhorar a corrida. A ideia não é de que estas notas digam se minha corrida é má ou boa. 


Dentre estes itens "segurança, postura, relaxamento, trajetória e balanço" minha melhor pontuação foi quanto a relaxamento 72pts e mais baixa em balanço 65pts. Durante o exame foi dito que possuo uma passada boa, larga, mas que preciso baixar mais o calcanhar na parte detrás para melhorar meu rendimento (última foto do meu corpo ao lado). Além disso rotacionar menos o tronco. No mais o exame prevê que se fizesse uma maratona meu tempo de conclusão seria de 4h28min o que me deixa muito feliz, já que não acreditava muito neste tempo.


Adorei participar deste exame e agradeço a Mizuno pela oportunidade. Sei que mudar postura é algo que exige dedicação, mas com o tempo teremos bons resultados. Pós teste fui entrevistada pela Patrícia Abreu (a trabalho para Mizuno) que estava aguardando na porta para saber como havia sido o procedimento e quais minhas observações. As melhores possíveis, penso que este teste pode ajudar e muito, mesmo aquele atleta amador. 

Principalmente para não se machucar. 

domingo, setembro 21, 2014

Circuito das Estações da Primavera 2014 - Salvador

Stand de massagem da Biofenac #nempenseemparar

Confesso que este domingo acordei preguiçosa para correr, aliás para despertar!!!... ah gente vai dizer que ninguém nunca sentiu isso alguma vez na vida? Aquela vontade de ficar na cama e dormir um pouco mais. Éhhh, mas estando inscrita seria um pecado deixar de ir correr e claro que não o fiz. Aliás  espero NUNCA fazer. Não sou "lelé'. Até por que a sensação depois que voltamos de uma corrida é outra. Sensacional!!! Ainda mais após encontrar tanta gente boa!!!



Como moro pertinho do local do Circuito das Estações, esta é a única vantagem (já que já enjoei do percurso) da até para acordar um pouco mais tarde 5:50. Arrumo-me rapidinho, engulo o café e rua....

Hoje a largada aconteceu 7:30 e no horário. Me posicionei na minha onda de tempo... sim o Circuito das Estações possuem, no entanto infelizmente algumas pessoas não respeitam e acabam saindo no que não é o seu tempo. Dai com menos de 200 m já esta caminhando. O que acaba atrapalhando os corredores que veem atrás. Não é querendo ser chata, mas isso atrasa bastante o lado de quem, vem querendo sei lá baixar tempo nesta corrida - mesmo não sendo meu caso, eu me chateio ter de ficar desviando. 

Larguei com o amigo "parça" Henrique da Hora!! Ahhhh o pacemaker da semana passada. Este pacemaker é uma onda.... o safado me largou no 4 km fingindo que retornaria para me alcançar. Simplesmente parou e ficou me esperando. Eu o tempo todo olhando para trás achando que ele viria e nada do safado. Pensando que havia passado mal, acelerei o passo para reencontrá-lo. Quando o encontro no 8km rindo da minha cara por ter corrido bem, sozinha. Alguns que me acompanham, sabem que embora eu tenha perfil para melhorar tempo, sou bobona e tenho receios de avançar.

Quando chega pertinho do pórtico de chegada me emociono e ao invés de fazer o que todos fazem, que é o famoso fartlek , eu "capengo" total e passo marcha ré. rsss!!!

Pois bem, o pacemaker estrategista Henrique riu da minha cara, que preocupada com ele consegui  baixar meu tempo.

Recorde pessoal na corrida de hoje. Quebrei o recorde de uma Track Field ocorrida em 30.10.2011.  Só para ter uma noção de que de fato não fiquei buscando tempos. O que podia ter quebrado há muito tempo.Além de ter quebrado o meu recorde ainda fiquei em 2 lugar na minha faixa etária.  

Em primeiro ficou a triatleta linda Manu.
E confesso o treino desta semana foi uma vergonha (por falta de tempo mesmo gente. E nem venham dizer que dá para conciliar estudo, que precisa gerar resultado, com esporte também buscando resultado. Ou um ou outro. Para mim só funciona assim!!!) Mas nunca deixo meu esporte para trás.

Cada pessoa tem seu ritmo e o que busco fazer é respeitar meus limites!! 

Corrida espero nunca ser sofrimento e sim superação. Ter feito o treino que pude esta semana (12 km terça,  2 km quinta e musculação quinta e sexta) e ainda ter quebrado recorde pessoal para mim é superar o que hoje é possível fazer sem largar a corrida. Pois bem, fechei a prova com 56'19'' , pace de 5'37'' nos 10km. 

Gostei muito do resultado!!! E rimos muito depois da corrida. Henrique é uma onda!!! Quanto ao evento,  tenho percebido que a organização esta ficando cada dia mais atenta as necessidades dos corredores. Largada em ondas, ambulâncias a mais - hoje percebi que tinha motos específicas, com primeiros socorros, nos seguindo. O clima foi muito quente e creio que a tendencia é o cuidado daqui para frente.

No  mais pós corrida tinha um stand de massagem da Biofenac, por que por mais que seja difícil superar jamais pense em parar. Siga sempre correndo!!

No mais, reencontros bons e muito papo....

Semana que vem tem Mizuno Half Marathon... será que consigo concluir??? Projeto sai do caixote Dart!!!....

terça-feira, setembro 16, 2014

Energia, diversão e corrida: a Night Run está de volta!

Corrida de rua noturna mistura luzes, música, esporte e promete muita animação em 8 cidades do país...

A segunda etapa da Night Run é aguardada em 8 capitais brasileiras. O maior circuito de corridas de rua noturnas do mundo terá a segunda etapa do ano nas cidades de Brasília (04.10), Salvador (04.10), Curitiba (11.10), Belo Horizonte (18.10), Recife (25.10), Fortaleza (01.11), Rio de Janeiro (08.11) e São Paulo (15.11). Campinas  recebeu o evento no dia 13.09 e contou com mais de 4 mil corredores.

Dando sequência à primeira etapa, que teve como tema o planeta Marte, o retorno da corrida será inspirado no maior planeta do universo: Júpiter. 

A prova, que é sempre sucesso de público, traz além dos percursos de 5 e 10km, diversas atrações como: curiosidades sobre Júpiter, painéis de fotografia, DJ, luzes e muita animação! 

O kit é composto por: camiseta manga longa de poliamida, garrafinha tipo moca, sacola de treino, bracelete de led. Todos que completarem a prova ganharão medalha. As inscrições para o circuito em Salvador devem ser feitas pelo site:  https://nightrun.ativo.com/salvador/ssa-jupiter/  

Fonte: EsferaBRMidia

domingo, setembro 14, 2014

Track Field Run Series - Shopping Barra

"Quando entrar setembro e a boa nova andar nos campos..." 
Andar nas pistas...

Eis que setembro (meu mês) chega recheadíssimo de corridas. Diferente do primeiro semestre que fiquei um pouco parada por conta de compromissos pessoais, o segundo semestre (a partir de hoje) vem com pelo menos umas seis corridas seguidas. Treinos continuam sendo "daquele jeito!!!". Quando dá e quando não chego morta da faculdade (os horários conseguiram ficar piores do que já eram). Ao invés de reclamar é tentar fazer da maneira que posso e sem mi mi mi como diz o professor. Mas como sempre minha prioridade são os estudos!!!

É uma vergonha, mas para Track Field Run Series (Shopping Barra) consegui fazer apenas um treino de corrida de 10km e dois treinos de fortalecimento. Eu sei que é pouco, aliás sei estar errada. Mas tento jamais largar a corrida, nem que vá do meu jeitinho. Eu sigo por que AMO!! Podia muito bem chegar de uma aula de Medicina legal, dia de sexta a tarde (só para imaginar) extremamente cansada e dizer não vou treinar... mas dado a falta de tempo tenho de fazer forçando o corpo mesmo. Se não, não sai treino algum. Vou me arrastando...mas as vezes também cedo e caio na cama. Não minto e assumo minhas falhas. Não adianta enganar-se a si mesma.

Pois bem, meu amor ainda perguntou: "vai nos 10k mesmo? Acha que dá?"... Pensei como se diz aqui na Bahia "Se não vai, racha!" . Pior que foi e melhor do que nunca. Aliás só não fui recorde pessoal por segundos. Tive uma noite péssima (velha insônia, em véspera de corrida). Mas tive uma companhia maravilhosa por todo percurso. Henrique da Hora foi meu pacemaker. Amigão gente fina.... maravilhoso!!!

Ahhh!!! não tinha Dart desanimar certo.... A corrida foi dez, aliás mil. Não senti dor alguma, nem desconforto e conclui a prova em 56'52'' ficando em 33° lugar no geral feminino e 3° lugar na faixa etária. 

          Melhor que isso, só dois disso!!!

Eu confesso que me sinto perfeitamente bem e capaz de fazer tempos bem melhores, mas a cabeça não deixa. 

Como diz Henrique parece que fico correndo em caixote. É verdade, reconheço. Meu problema não é com o corpo, que se sente apto a praticar de forma mais forte, mas sim eu que fico me privando e controlando. Não excedendo o que já faço e já fiz. 

Quanto a corrida Track Field Run Series - Shopping Barra foi organizadíssima. Desde a retirada do kit, tendo 3 dias para esta retirada até a entrega de chips, guarda volumes (sem problema algum), infra estrutura. Massagistas para os atletas. Boa hidratação, ambulância seguindo ao longo do percurso. Tudo nos conformes sem nenhum problema ou incidente. A largada foi pontual, já que 3 minutos para mim não contam como atraso. Por sinal esta largada cedo favoreceu bastante. Acredito que as corridas aqui em Salvador deveriam seguir este critério de largar mais cedo. Por fim lanche bacana (saladinha de atum, gatorade, banana, tangerina). Para quem gosta e aprecia - kit bonito (com boné, meia e camisa Track field). Enfim em minha opinião uma boa prova. Recomendo a todos!!! Aliás todas as Tracks que já fiz foram tranquilas e por sinal foi onde tive minha quebra de recorde nos 10km. 

No mais o domingo foi maravilhoso. Meu amor correu, já que nas próximas não poderá. Assim como foi bom reencontrar a turma de corredores amigos. Domingo tem mais.... mas antes uma longa semana de estudos e trabalho!!....


BOA SEMANA a todos!!! 

domingo, setembro 07, 2014

Pedal de 7 de setembro



Domingão sem corrida para mim aproveitei para cair em mais um pedal. Hoje um pedalzinho light (passeio), diferente do de ontem. Pituba, Dique, Barra - onde ficamos um pouco contemplando aulas de dança e a "nova Barra".... subida Ladeira da Barra, Corredor da Vitória - onde assistimos parte do desfile de 7 de setembro e retornamos para Pituba. 

Bacana demais!!! Pegamos um pouco de chuva e vento, mas foi bem legal!!

Ótima semana a todos.... sábado que vem tem 100km de pedal. Estou cogitando a possibilidade de fazer este feitio de novo (Salvador a Arembepe ida e volta), no entanto no dia seguinte tenho 10km de corrida. Estou muito a fim de ir para o pedal. Aliás para os dois....

sábado, setembro 06, 2014

Tem Pedal Roda Presa com ventania ou sem ventania!!!!



Dia de sábado é dia de pedal bebê!!! Não tem rajada certa que impeça esta galera de pedalar!!!! Mesmo sendo mais difícil, esta turma não fica em casa. 

Hoje as rajadas em Salvador estavam fortíssimas. Vários pedais na cidade foram cancelados e em redes sociais até recomendaram que a galera não enfrentasse a ciclovia. Mas o nosso pedal se manteve firme e forte. E foi mais um sábado maravilhoso!!!  

Na ida uma beleza, qualquer santo ajuda (embora eu pegue mais ritmo no retorno),  já a volta o bicho pegou. Pegamos vento contra de lateral e por vezes de frente. Era preciso segurar firme a bike para não desequilibrar. 

Muito bom pedalar com o Pedal Roda Presa (pedalo com esta turma desde 2012).  Esta cada dia mais forte e mais veloz - principalmente por sermos mountain bike. Hoje chegamos em Ipitanga com 21.6km/h de velocidade média, para mim que só pedalo aos sábados tenho curtido ousar mais na velocidade. Haja força para acompanhar esta turma!!! 



O percurso de sábado costuma ser sempre Pituba > Ipitanga e retorno. Às vezes estendemos Buraquinho, Jauá ou até mesmo já fomos a Arembepe, além de pedais especiais. 

Distância percorrida hoje 48.08km Pituba - Ipitanga (retorno). Vel. Média 20,6km/h. Máx. 35,6km/h. (até chegar em casa deu 50km).