domingo, outubro 20, 2013

Por que sábado é dia de Roda Presa....


Após a Meia Farol a Farol, durante a semana mantive os treinos de running e fortalecimento. Já  no sabadão foi dia de retornar ao pedal. Uma vergonha mas pedalando mesmo, só estou vez ou outra aos sábados. É uma pena!! Mas vou melhorar isso....Acredito que só vou correr em evento em dezembro, daí vai dá para manter os pedais de sábado em dia...

Bateu até uma preguiça de levantar, embora nem fosse tão cedo assim. Quando não bate? Mas como mantenho a tática de colocar  o relógio para despertar 10 minutos antes, tenho tempo de refletir e ter um papo com minha preguiça....rs! Depois de 5 minutos de papo com a "preguicinha" com certeza eu mudo de ideia e levanto. Ahhh como adoro dormir!!!!

Sábado o pedal sempre é colada com o grupo Roda Presa, comandado por André Cohen. Adoro descer com eles principalmente pela organização.... Anteriormente o pedal era da Pituba a Praia de Ipitanga, hoje já aumentamos para Buraquinho e  agora já concluímos com  um pedal de 53,34km. Aguardo pelo dia que será até a Praia do Forte, com certeza espero estar apta para tal. É um desejo, já que todas as vezes que foram, eu não pude participar. Dois pedais que tenho vontade de fazer é o dos três ou quatro faróis e até a Praia do Forte.


Este fim de semana na ida o vento contra estava muito forte e atrapalhou um pouquinho. No entanto contribuiu demais no nosso retorno de Buraquinho. Infelizmente no início só eramos 3 mulheres, mas da metade para cá ficou apenas eu de moça. As outras duas nos largaram no meio do percurso e  fiquei sozinha com a tropa de homens. Virei a mascote! rs!!Nada demais, afinal é sempre um prazer pedalar com todos eles e aprendo demais. Com a presença do Mestre, aí sim é mais aprendizado. Muito bacana!!

Em meu cateye sem contar a chegada até em casa registrou 53,34km com velocidade média de 18,5km e máxima de 34,6km. Pedalamos alguns trechos pela ciclovia, por isso como nem toda população de Salvador respeita temos de ficar gritando ou reduzindo para que os pedestres saiam do meio da pista. Assim como que deixem de fazer a ciclovia de estacionamento de carros. É triste, mas esta ainda é nossa realidade. De total desrespeito quanto aos espaços de lazer. Mas creio eu que aos poucos estamos mudando. Aos poucos estão criando espaços novos de lazer, a exemplo a nova ciclovia na Boca do Rio bem como a ciclofaixa na Av Sete.

Aos poucos vamos conquistando novos espaços!

segunda-feira, outubro 14, 2013

Meia Maratona Farol a Farol / 2013.... Feliz demais por ter o BALEAL bem representado

Por Sandrinha Midlej

Tá bom, fazemos um acordo? Eu choro no início da postagem e deixo a sobremesa para o final. Complemento com a cereja do fim de semana lindo que tive, ao lado de amigos maravilhosos. 

Fechado assim....?? Para mim tudo bem. Afinal tô um pouco triste e preciso desabafar. rs!

Choramingo para dizer que fiquei "muitinho" triste com meu resultado na Meia Maratona Farol a Farol, apesar de não ser esta parte principal. E sim do quanto for bom ter me dedicado pré-prova. 

Bem, mas fiquei chateada justamente com motivos. Já que havia treinado legal e bonitinho com meu recente instrutor. Quem viu pelos bastidores sabe disso e continua lindo do jeito que planejo para ano que vem (já que neste momento terei de reduzir um pouco em eventos).
Fiquei mais chateada por que não foi dor na perna, coxa, lesão no pé ou coisa do tipo... que me fez paralizar e quebrar no km 14. Mas uma cólica indesejada, sensação de mal estar e "trelê lés" de mulher. Parece que toda vez que vou correr meia parece que este percalço advinha?? #Saco. Como eu já tomo anti histamínico (obrigatoriamente) diariamente, não curto tomar mais remédio para enfrentar corridas. Acho que não é saudável.

Pois bem, ao ver a imagem ao lado dos laps do meu Garmin (basta clicar para ampliar), eu só não me chateio mais por que ainda assim, andando algumas vezes, baixei meu tempo da meia Farol a Farol, do ano passado, em 5 minutos. Claro que o tempo ajudou não tenho dúvidas.

Mas me chateio por ter visto que na do RIO, que nem treinei, fiz  melhor em 2h03 e a de hoje que me dediquei mais, tive este desconforto que não previa e só faltei tirar toda a roupa para concluir em 2h08; Aff eu brigava comigo mesmo. Por que a cabeça mandava seguir, mas o desconforto dos seios até o abdômen eram maiores. Eu relutava mas nada. Enfim conclusa minha oitava meia!!! e o melhor de tudo que cheguei inteira e em plena segunda-feira (ainda com cólica) eu digo e ai bora correr outra? risos!!! Vai entender cabeça de corredor.

Ou seja às vezes se dedicar tanto não é tudo... risos!! 

Enfim chororó a parte, preciso agradecer a algumas pessoas pela companhia nesta corrida. Primeiro a Aparecida e Ênio, meus amigos BALEIAS, por mais uma vez virem correr aqui em Salvador, esta cidade linda e terem largado comigo. Ênio infelizmente teve de nos deixar em uma parte, mas com Cida estive junto até quebrar no km 14.

Quero agradecer ao meu amor (Lucas) por ter me acompanhado da Amaralina até a Barra


 e ao Manoel Farias este corredor  da foto abaixo, que até então era conhecido virtualmente


Agradeço ao Manoel Farias por que foi quem me "resgatou" para a corrida quando baixei a cabeça para desistir e caminhar  pela última vez até chegar ao pórtico. Ele foi bem rápido, puxou pelo meu braço. Sabe quando alguém com uma mão envolve toda a circunferência do seu braço? E com voz séria diz: "Epa, aqui não.... Nem pensar! Desistir não. Eu te perguntei ontem via face se você ia correr 21km, justamente para me guiar por você. Te "usar" como "coelho". Como é que agora você vai desistir??? Eu sem palavras e sem saber como responder aquele quase desconhecido, fiquei sem razão.... e o jeito foi seguir a frustrar a meta dele. Obrigada Manoel Farias pela puxada de braço. Corredor que é corredor compreende o outro até na hora que o bicho pega. 

Como diz o Marquinho Ribeiro, corredor nunca desiste do outro. O importante é todos completarmos felizes e cientes de que não cumprimos nossa meta naquele momento. Só que isso não quer dizer que iremos abaixar a cabeça e desistir. Pois desistir é para os fracos e somos verdadeiras fortalezas!
Obrigada também aos meus Amigos de Bike que incentivaram ao longo da orla, Tiu Jaime, Zanine, Carlos, Alexandre, Sergio dentre outros que eu não citei aqui mas que foram essenciais nos incentivos.

Tá faltando Ênio

Mas enfim vamos pular para a parte boa?? Ou querem que eu teça algumas críticas sobre o evento? Por que enquanto alguns elogiam esta minha postura, outros não curtem tanto. Sendo assim vamos equilibrar as partes boas com apenas algumas "criticazinhas".  Bem, este ano a hidratação e medalha melhoraram muito. A camisa "nana ni na não".... deixou a desejar (era praticamente a mesma do ano passado, isso se não foi e só inverteram as cores por percurso). Enorme de novo para as mulheres, o que me faz doar. Sem falar que alguns amigos tiveram de ficar com a camisa de outro percurso, por que faltaram camisas.... piraram com razão! Eu também me chatearia. Pagar caro por uma prova desta e ainda ser desrespeitado na hora da retirada do kit é dose. Meu amigo nem quis mais correr. Mas enfim como não foi comigo fiquei quietinha na minha. Deixa que os "brancos" se entendam.... Até por que depois quem leva a fama é quem fala. 
No mais achei que foi mais organizada que ano passado, até mesmo a parte de pegar as medalhas. Só ainda acho chato o gatorade de copinho (só bebi mesmo por que alguns amigos que não estavam correndo pegaram para mim).

Agora só  a parte boa.... Por que BALEIAS vive do suprassumo.... !!! risos!!!E este quase sempre acompanhado de muitas imagens (outras podem vir a ser acrescentadas)

Mais uma vez alguns BALEIAS compareceram a nossa linda Salvador e outros tantos convidados via face e blog. O nosso " já da casa" Enio  mais uma vez nos deu a honra da sua graça na Meia Farol a Farol. 
Sendo assim na véspera claro que foi dia de rodízio de pizza BALEIAS acompanhado dos amigos  de Aracaju


Pós prova, uma papo gostoso a LA BALEIAS

Comemorações e mais comemorações.... Por que somos BALEIAS e a bagaça só para quando temos de partir para nossas cidades (risos!!!)


Bom demais vivenciar mais este fim de semana ao lado de pessoas que eu gosto demais. Bom demais reencontrar os amigos corredores e compartilhar estes momentos únicos que ficam como histórias a contar. 


Por que cada um de nós levamos muitas histórias a cada corrida. Muitas comédias, deslizes, frustrações e mais ALEGRIA ao fim de cada uma delas. Por termos alcançado a linha de chegada. Por que corrida é isso, é VIVER cada instante. A cada lágrima nos sentirmos mais fortalecidos!!

Parabéns a todos nós, os que concluíram a Meia Farol a Farol bem como que concluíram outros percursos. 
A Fernanda pelos seus primeiros 10k, aos estreantes em meia, como Júlia, Adnil, Valdilene da equipe Alta velocidade. Quesy por ter baixado o tempo, dentre os outros vitoriosos.

Parabéns ainda aos que desistiram, que não se sintam mal por esta decisão; Mas sim fortes por terem reconhecido o seu momento de parar, ou seu limite. Somos guerreiros sempre, a cada passo que damos, independente de paramos. Pois o mais importante é saber que pelo menos tentamos. 

Feliz pela minha oitava Meia maratona, embora não satisfeita com o resultado... feliz por ter terminado bem e pela saúde que tenho. 

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Uma boa semana a todos e até o próximo pedal ou corrida!!! 
Um cheiro!!!... Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ

domingo, outubro 06, 2013

A corrida dos amigos no Circuito das Estações Adidas / Primavera - Salvador


A postagem de hoje será um tanto diferenciada, não estranhem. Embora estivesse inscrita na Adidas de primavera, por uma boa causa e ao mesmo tempo triste (por não correr) tive de me ausentar de Salvador neste domingo. 

Felizmente meus "convidados" e amigos (alguns contagiados pelo meu gosto pela corrida) não deixaram a minha ausência os desanimar. E no domingo cedinho lá estavam para mais uma corrida da Adidas. Como não estava presente, pedi que ainda assim eles me relatassem como foi o evento já que sempre gosto de colocar no blog, ainda mais esta que todo ano tento fechar minha mandala (ainda não consegui, mas ainda o farei).

Eram muitos amigos que participariam, até mesmo minha mãe, irmã e tia que adoram esta corrida. Desta vez consegui  incentivar até a colega do trabalho da minha mãe (Adriana), que assim que abriram as inscrições já correu para fazer a sua no site. Os demais alguns já eram conhecidos. Mas desta vez ainda consegui levar o funcionário lá da Faculdade - Genilson. Pense em uma pessoa da galera e gente finíssima é ele. 
Todos adoraram o evento, claro que tiveram algumas ressalvas, sempre se tem a tecer, mas que não tiraram o brilho da participação deles.

              Adriana
Adriana sendo sua primeira corrida ficou extasiada com o evento e relatou que agora sabe do meu "por quê" de gostar tanto de corrida. Ao me encontrar ainda disse que a sua primeira corrida foi algo que a fez se sentir muito bem. "Me senti voando livre feliz! Como foi bom participar, apesar de antes da largada sentir um frio na barriga. Pensei que não iria conseguir concluir o percurso pois não havia treinado muito. Mas foi uma maravilha!!! Deu tudo certo... Que venham as próximas!!"

Minha irmã Patrícia Andrade disse que a corrida Adidas é uma arte a parte. Onde pode unir o esporte e a diversão, superar seus limites e ainda compartilhar desse momento único ao lado dos amigos e familiares. Destacou ainda a beleza da exposição de Frida, que segundo a mesma estava belíssima. 

Alan Ricardo achou muito bem organizada, com tudo que o corredor necessitava disponível - como água, lanche, guarda-volume. Porém ficou triste por ter de largar muito atrás já que não o deixaram entrar no pelotão de elite, sendo que tinha tempo para isto. O fato ocorreu devido ao mesmo estar cadastrado sem o seu tempo real. Daí por que o número de peito saiu como pelotão de outra cor e não o seu. Mas ainda assim no geral afirmou ser uma corrida boa e no qual ainda conseguiu baixar seu tempo, já que a temperatura estava agradável.

Minha mãe parecia ser a mais animada de todos. Não só animada como ainda quis caprichar no visual, brinque com ela!!! Risos..... 

Fiquei um pouquinho triste por não ter ido e sofro ainda mais quando vejo as fotos, mas sei que precisava me ausentar de Salvador. No mais na próxima estarei lá firme e forte e feliz é claro.


Ahhh aproveitando  os amigos que estão em São Paulo e que também AMAM corrida e querem colocar os filhotes no mesmo caminho. Dia 12 de outubro (Dia das Crianças) a Adidas estará promovendo uma corrida infantil. Para os que desconhecem ela é a principal patrocinadora do Mundo Kids. A corrida será destinada a crianças de 2 a 12 anos. E contará com percursos de 50m a 400m, dentro do Centro de Prática Esportivas da USP. Quem tiver interesse pode dá uma olhada neste link  www.diamundokids.com.br 

É isso galerinha... Agora é voltar a rotina. FIM de férias....

quarta-feira, outubro 02, 2013

Manifesto Respeite o Ciclista em Salvador

Imagem de Bruno Rapozo


Ontem a noite estive presente em mais um "pedal da gente". Neste já havíamos combinado, no sábado com Amigos de Bike, que faríamos um pedal em protesto aos 4 atropelamentos ocorridos na semana passada após o Pedal Roda Presa. Em que Mandrake, Antonio, Ary e André ficaram machucados e o motorista fugiu sem prestar socorro.

Sendo assim tudo organizado. Alguns outros grupos também se movimentaram e juntos via redes sociais mobilizamos uma boa quantia de ciclistas.

Na noite de terça às 19:30 eu e Arqt já estávamos nos dirigindo, junto com Renato e Cohen  para o antigo Clube do Bahia afim de nos organizarmos com Amigos de Bike. Da nossa turma uma parte foi vestida de branco em simbologia a PAZ que queremos no trânsito. Dali sairíamos junto com o grupo e nos encontraríamos com diversos outros da cidade.

Para a sociedade que vê de fora, pode até achar que este manifesto é falta do que fazer. 

Mas não se enganem, não trata-se disso e muito mais é uma causa de todos. Trata-se de uma chamada, de uma denúncia pública para o que esta ocorrendo em nossa cidade e em outras pelo Brasil. 


Nosso "barulho", nosso "apitaço" é por que desejamos uma cidade melhor. 

Queremos educação, punição e humanização no trânsito. Menos mortes e brigas por mobilidade urbana. Menos poluição (pense nisso!)

Queremos que nós ciclistas sejamos respeitados. Que possamos circular pela cidade  sem receios de voltar para casa sem um braço.... 

Sabendo que nosso 1,5m de distância será respeitado. E não que continuaremos a ser imprensados por ônibus, carros pequenos e caminhões. Lembre-se sempre em cima de uma bike vai uma vida meu querido!!

Queremos para nós e para todos!! Estamos  defendendo aquele pobre que necessita da bike para ir ao trabalho, ou até mesmo de amigos que tendo condições  e consciência optam por um transporte que agrida menos o ambiente. A opção pela bike pode ser um tanto difícil, mas tenha certeza que sendo ela feita você ganhará e todos nós ganharemos uma cidade melhor.

O momento mais bonito do manifesto foi quando, no Stiep, o chão foi pichado com o nome dos 4 ciclistas que foram atropelados, bem como desenhadas bicicletas. 

Claro que preferíamos não estar prestando esta homenagem. Não por esta causa. 

Mas foi lindo ficarmos emparedados grupos de ciclistas diversos da cidade (Mural de Aventura, Giro, Amigos de Bike dentre outros) de um lado e do outro. O Stiep tomado por em torno de uns 500 ciclistas. Que após a homenagem saíram pela cidade em passeio e manifestação. O Mural de Aventuras fez panfletagens em diversos locais. Saímos do Stiep, passamos em frente ao Shopping Salvador, via principal retornando para o Iguatemi onde subimos o viaduto que fica em frente a Universal....seguimos Lucaia, pegamos Rio Vermelho, Barra e em seguida retornamos Pituba.

Através deste manifesto dá para se ter uma noçao de que juntos somos muito mais fortes e que precisamos ainda mais nos unir para que tenhamos o trânsito que desejamos.