sábado, setembro 28, 2013

O dia de sol foi de pedal.... Dia lindoooo!!!


Confesso, que hoje, quando o despertador tocou bateu uma preguicinha.... Quem nunca sentiu isso?? Também, eu tinha motivos. Havia feito um longão na sexta à tarde.

Forcei a mente e disse: Mas Dart, última semana de férias e você vai abandoná-la assim?? Já aproveitou tão pouco então aproveita este restinho enquanto pode, por que depois com as aulas o couro come. E mais uma vez pegarei 7 disciplinas.  

Na horaaaa dei um pinote da cama e levantei. E não me arrependo...

Cheguei, na orla  na "bucha". Por que sempre passo no Posto para calibrar os pneus. Por sinal também estava ocorrendo uma espécie de encontro de Rali, Rali do Beijo.Vi direito não...mas até ganhei brinde. Além de um presentinho de Marcelo, para minha bike. Ficou linda.

Saímos da Pituba mais uma vez em direção a Praia de Buraquinho. Costeando toda a orla e aproveitando o lindo dia de sol. Bastante quente por sinal. Mas de bike quem reclama.... será? rs!!

Passagem por Villas do Atlântico

Em Buraquinho a velha parada para uma hidratação, para uns feita com suco, guaramix ou até mesmo água ... outros de outra maneira. Sempre regado a muito astral e boa conversa. Turma boa. Muito legal! 

Por sinal, na mesa abaixo planejávamos um protesto pela cidade de Salvador. Já que esta semana 4 ciclistas amigos nossos foram atropelados por um Siena preto. Alguns com ferimentos graves, como um que quebrou 4 costelas, outro a clavícula e sequelas mais leves nos outros dois.

Queremos educação no trânsito e ela só virá através de campanhas educativas promovidas em conjunto, autoridades e sociedade. Para isso queremos chamar atenção das mesmas. Mostrar que não basta implantar e inaugurar bikes em nossa cidade, mas junto a isto promover educação. É preciso lembrar, que numa bike não vai apenas um ciclista, mas uma VIDA. A de um pai, de um filho, a de um amigo... é preciso cuidado.


Hoje tínhamos em torno de uns 25 ciclistas ou mais, eu acho. Não deu para contar. Mas de mulheres apenas 5. Ou seja no pedal o mulherio ainda precisa se aproximar mais.

Enfim dia maravilhoso com o Pedal Roda Presa. Obrigada turma pela companhia.



obs: para visualizar as fotos maiores, basta clicar sobre a mesma.

terça-feira, setembro 24, 2013

Véspera do meu aniversário!!!...


... E eu curtindo a night por aí!! Pedalando com Amigos de Bike. A companhia foi maravilhosa, revi muitos amigos que há tempos não encontrava. 

Percurso de 34.13km em 2h04 de pedal. Saímos da nova praça da Boca do Rio, ali onde havia o Clube do Bahia, direção orla, Pituba, subida da Amaralina, Rio Vermelho, Cardeal da Silva toda, descida antes da Federação (sentido Garibaldi), Canela, Graça - em frente a Perini, descida para o Farol Barra, Shopping Barra,  Ademário de Barros, saída sentido Iguatemi, Parque da Cidade, Pituba (onde subi para minha casa) e por fim chegada.... Acho que deu para entender né??

Enfim 34km.... com excelente companhia. Alguns que estavam no domingo, outros não... Em torno de 170 ciclistas ou mais.


Fui e voltei com Arq, se não fosse ele ter passado em minha casa nada feito. Muito bom!!!
Véspera de aniversário bacana!!

domingo, setembro 22, 2013

Vá de boa, Vá de bike!!! Dia Mundial sem carro!! Inauguração das bikes Itaú em Salvador

Praia de Buraquinho

Meu fim de semana foi regado por muito passeio de bike. Exatamente para compensar os dias em que estava em falta com meus amigos de bike e só correndo.

Já no sábado, peguei rumo ao Pedal Roda Presa. Diferente dos dias normais. Desta vez saímos da Pituba em direção a Praia de Buraquinho.... foi um sábado de sol forte e dia lindo. Totalizamos até o retorno 53,37km.  Muito bacana mesmo. O dia contribuiu bastante!!


Já no domingo a programação era participar do Passeio Ciclístico da Primavera. Não sei qual foi de fato o intuito deste Passeio, mas após algumas andanças no pedal, me desculpem pensar assim, mas me pareceu que ter sido feito como forma de despistar a turma da inauguração das bikes no Campo Grande;
Já que enquanto acontecia o Passeio, o Prefeito Netinho fazia a inauguração lá em cima. Mas críticas a parte, isso não foi não vem ao caso. Já que foi um evento que também favoreceu a integração de ciclistas. E por outro lado também seria impossível  atender a todos naquela tenda pequenininha do Campo Grande.

A manhã em Salvador foi praticamente toda chuvosa. Saímos - eu Jaime, Mira e seu esposo a caminho do Dique do Tororó para o Passeio Ciclístico ainda sob uma leve estiada,

 

A largada do Passeio estava marcada para às 8h, mas largou com um pouco de atrasado, e seguiu de forma bem lenta. Muito lentinho, começamos a perceber que alguns ciclistas haviam saído do pedal. E nesta  eu Emer e João também decidimos (já ali na Centenário) retornar pegar o Canela e subir o viaduto a caminho do Campo Grande para assistir a inauguração da primeira ciclofaixa de Salvador e do Projeto Bike Salvador do Itaú. 

Prefeito Netinho

Ideia sabida a nossa. Chegamos momentos antes que o prefeito Netinho chegou. Ainda debaixo de muita chuva, recebemos a presença do mesmo, que estivera ali para honrar a inauguração das bikes. 

Acompanhado da vice prefeita, ambos pegaram duas bikes, bem como seus companheiros de partido e seguiram pedalando conosco pela ciclofaixa. Nenhuma campanha eleitoral aqui da minha parte!!! Afinal estava como uma mera ciclista. 

A vice quase desistiu no meio do caminho, com aquela chuva.... eu do lado dela, disse: que é isso?? Vamos.


Para o primeiro dia e embora com chuva, a ciclofaixa estava bastante congestionada. Haviam muitos funcionários da Transalvador  sinalizando o projeto e no meio de toda ciclofaixa. 

A mesma só irá funcionar aos domingos, até por que durante a semana é quase impossível, ali na Av. Sete. Como iniciativa já é um grande passo, mas ainda temos um longo caminho a percorrer. Principalmente em questão de educação no trânsito. Precisamos educar, ensinar como se trafega na ciclofaixa, que existe mão dupla. Que na ida vamos pela direita, no retorno pela esquerda. Bem como tratar sobre a importância do uso de capacete e equipamentos de segurança, que por sinal o prefeito Netinho não usava (mas disse que iria providenciar o dele, rsss!).

Logo no retorno ouvi de uma senhora desaforadinha que o capacete não protegia nada. Imagine?? Eu ia passando na boa pelo semáforo e ela pedestre desaforada diz isso. Diz por que nunca viu um amigo se acidentar e apesar de levar pontos na sobrancelha, ter sido protegido pelo capacete. O tombo teria sido ainda pior, caso não. Diz isso quem acha que bike é para desfilar. Bike é um transporte como outro qualquer, e precisa ser levado a sério. Assim como em carros usamos cinto, façamos isso com a bike, utilizemos nossos equipamentos de segurança. Que sejam mínimos e os básicos mas que sejam utilizados.

Embora debaixo de muita chuva, penso que aproveitei muito o dia de hoje - DIA MUNDIAL SEM CARRO!! E que vejo a nossa querida Salvador dá um passo largo. Espero que  a população saiba cuidar bem deste Projeto. Que conservem as bikes!!!

#Vádeboa #vádebike #BikeSalvador

domingo, setembro 15, 2013

Circuito Bradesco Salvador com muita EMOÇÃO!!!


Aproveito a emoção do momento para fazer uma postagem a La Miguelito, cheia de emoção BALEIAS.

Contagiada de emoções dos pés a cabeça como estou desde o período da manhã acho que hoje vai ser difícil desligar. Acordei na maior disposição, e esta disposição estava muito mais voltada a querer passar uma energia positiva ao meu irmão, que enfrentaria um grande desafio às 10 horas da manhã. Um teste de aptidão física para um concurso (bastante almejado), que para o Circuito Bradesco que eu iria correr. 

Tanto foi que esta corrida eu fiz toda em homenagem a ele. E para minha grande felicidade consegui baixar o tempo do ano passado. Mesmo só tendo treinado 3x esta semana (estar parada há quase 1 mês devido aos estudos). Agora de férias da faculdade volto-me os treinos para a meia. Graças a Deus passei nas 7 disciplinas da faculdade e estou super tranquila.

Na corrida de hoje além de baixar o tempo, por 21 segundos não peguei pódio; Mantive-me como a quarta colocada conforme o ano passado. Mas quem se importa com pódio no DIA DE HOJE. Hojeeee!!!....

Quem se importa com pódio quando ao chegar em casa, e aguardar, fica sabendo pelo pai que nosso "menino de ouro" já esta na última etapa da bateria de exames físicos? Quem fica triste quando sabe a luta que foi para este menino de 22 anos, que vive este sonho e desde sempre, mesmo contra todos se dedicou acordando às 4h da manhã para dá conta de 12 disciplinas sozinho? Ainda trabalhando o dia todo, bem como ter de aprender a nadar  agora assim tão recentemente que abriu o concurso. 

O nosso coração e a nossa alegria de hoje não cabia espaço para mais nada, senão para ele. Para este pequeno e grande menino, que estudou sozinho, que virou sapo para aprender a dar saltos, virou peixe para nadar, e até keniano para correr e mais além soube  se manter firme e equilibrado em suas decisões mesmo quando o diminuíam dizendo que ele não possuía técnica nem domínio e seria incapaz de passar no teste físico.

Este grande menino, não só foi monstrinho nos estudos, como nos exercícios. Fazendo na natação além do esperado, quando se devia fazer 41seg, e ele bateu 37 seg. 15 barras quando não seria necessário tudo isso. Bem como por aí em diante.

Só tenho a dizer, toda a minha corrida hoje foi para ele e só dele. Por que por mais que irmão seja tudo igual só a gente conhece que  amor de irmão é tudo igual.

"Quem um dia irá dizer
Que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer
Que não existe razão?"...



No mais a corrida foi maravilhosa, encontrei pessoas que há tempos não via. Comecei as férias em altíssimo estilo, boas amizades e com um baita almoço dedicado ao meu irmão no Sal e Brasa, muita carne para "dentro" após ser aprovado no teste físico. 

Que Deus ilumine os caminhos dele nas próximas etapas.

Agradeço a companhia de todos neste domingo, este domingo. 
Obrigada Joelma pela companhia na passada. Fiquei feliz demais em rever pessoas que há tempos não revia nas corridas. Bom demais!!! Muito boa esta corrida.


quarta-feira, setembro 04, 2013

Edição limitada do Boost - adidas em parceria com a Stella McCartney



Mocinhas e mocinhos a Adidas não para de produzir coisas legais para corredores. Se empolgaram mesmo com o nosso mundinho delícia das corridas. Ainda bem!! Bom demais, por que saímos ganhamos nisso. 

Olha aí mais uma novidade chegando... Eles acabam de lançar uma edição limitada de tênis com a tecnologia Boost, lembram dele?? (Clica aqui e relembrem.) Estou tendo ótimas experiências com o Boost. Já até subi em pódio com ele em uma prova de 15km.  \o/\o/\o/ Sem falar no design que eu gostei, a costura dele se adapta bem nos pés, parece estar calçado numa meia, este que eu tenho.

Nesta nova edição ele é lançado em parceria com a estilista Stella Mc Cartney. Super demais!! Mas trato logo de avisar aos navegantes: apenas 3.500 estarão a venda nas unidades  (isso no mundo todo, inclusive Brasil). Ou seja é preciso CORRER para adquiri-lo!! No Brasil, estarão disponíveis apenas 100 pares, com venda exclusiva no e-commerce da marca a partir do dia 1º de setembro e nas lojas adidas a partir de 15 de setembro. O preço sugerido é de R$699,90.


Um pouco sobre adidas by Stella McCartney
A colaboração adidas by Stella McCartney começou em 2005 com a coleção Spring/Summer e oferece um conceito único na área de esportes para mulheres. A linha inovadora inclui roupas, calçados e acessórios para a prática de tênis, corrida, ioga, natação, atividades de final de semana e estúdio para as temporadas Primavera/ Verão. Devido ao sucesso da parceria adidas e Stella McCartney, o contrato foi estendido.


Para mais informações visite: www.adidas.com.br, http://news.adidas.com, www.youtube.com/adidas , ou nos acompanhe no www.facebook.com/adidas e www.twitter.com/adidas . 
.

segunda-feira, setembro 02, 2013

Surpresa linda no mês do meu aniversário - Adidas Springblade


Começo a semana e a segunda-feira de forma mais que especial. Estou tremendo de felicidade com a surpresa que me fizeram em pleno mês do meu aniversário. 

Que coisa linda!!! Lembram que eu tinha dito que queria experimentar este tênis, lançamento da Adidas?? Dado aos compromissos com o estudo ainda não tinha conseguido ver se tinha chegado em Salvador.... 

mas daí, hoje me fazem esta linda surpresa.... Simplesmente não estou acreditando no presentão. Lançamento da Adidas especialmente para mim é para amar!!

Claro já sabem né, amei a cor.... daquelas que eu "chego chegando" na pista, do jeito que eu gosto. "Desfilando mesmo"!!

Por que não basta correr, tem de sair linda na foto.

Muito obrigada !! Tô tão feliz que não estou acreditando!!! Coração a MIL por minuto!!!http://www.adidas.com.br/springblade.html 

domingo, setembro 01, 2013

I Maratona da Bahia, BALEIAS em missão de "bike anjo"


Hoje foi realizada a I Maratona da Bahia na cidade do Salvador, prova bastante esperada e comemorada por parte dos maratonistas da cidade. Já era chegado a hora da cidade do Salvador ter em sede uma maratona. Uma capital turística como a nossa não ter uma corrida nesta distância, era motivo de tristeza por parte de muitos corredores. Afinal, sempre era preciso sair da capital para corrê-las. 

Estava mais que na hora!!! E ela chegou sim ....


Como ainda não faço maratonas, somente meias... claro que esta chegando  minha hora!! Aproveitei a prova de uma outra forma. Praticando o BEM!!

Acordei às  5:30 e às 6:30 já estava na orla pronta para acompanhar toda a Maratona. Meu amor que me acompanharia, só teve coragem de sair de casa às 7:40. Sendo assim segui para o Farol da Barra "sozinha " mesmo. Aliás ao lado dos guerreiros atletas e alguns futuros maratonistas. Luciana estava estreando na distância, ao lado do seu marido Cleber, dentre ela outros corredores mais chegados como João Paulo, Roberto, Samuel, Sandrinha, Ademilson, Aline, Marcus, Ronald, Henrique da Hora, Lu acompanhando o mesmo etc... correndo  os 42.195km. Ao longo do percurso reencontrei alguns amigos ciclistas, Iacina querida, Carlos dentre outros que seguiam para o pedal da ASBEB.

Em direção a Barra de bike fui  dando bom dia a todos eles, e desejando boa prova. Alguns bem simpáticos respondiam os cumprimentos. Até então a prova estava bem tranquila. No entanto, como não era de se esperar dado aos 2 dias seguidos de chuva, o sol apareceu!!!! E daí já sabem né, muita gente boa começou a quebrar no caminho.

Na mochila eu levava um saco de bananinhas doces para distribuir ao longo da prova, conforme fosse percebendo a necessidade. Embora achasse que fosse suficiente, mais na frente foi preciso buscar sal em um posto de gasolina para um atleta que sentiu falta. Infelizmente não encontrando, um senhor que estava bebendo numa mesa me ofereceu um pacote de salgadinho pela metade e pedalei até reencontrar o atleta necessitado. Bem como isso, chegou uma parte do percurso, após o 31km que precisamos mudar nossa estratégia. Aliás desde o km 14 já havíamos começado a fazer isso ( eu e Lucas),  pegávamos copinhos de água nos postos e na parte intermediária, entre um posto e outro, entregávamos a algum atleta mais necessitado. Estava dando super certo!!! E nesta brincadeira de entregar bananinha e água não é que me deparo com meu ex professor de terceiro ano??? Nunca soube que ele corria. Foi muito emocionante encontrá-lo correndo, ainda mais uma maratona. Deu vontade de pular da bike e correr junto. Parabéns Luís Freitas, meu prof de Física de coração.

Mas foi a partir do km 31 que esta estratégia ficou um tanto limitada. Lucas precisou arranjar um saco para encher com copinhos de água. Por que pegar uma ou duas não estava servindo, bem, aos atletas. E foi neste ponto que a coisa ficou crítica. Esta aí um motivo por que penso, que a partir do 31k a distância de um posto de  hidratação a outro deveria ser menor ou se não distribuir melhor entre isotônico e água. Principalmente quando estamos falando de Bahia, o estado de um sol para cada corredor. Naquele ponto a coisa ficou muito feia. E tivemos de retornar muitas vezes. Claro não deu para ajudar a todos, mas acredito que os mais complicados sim.

No final, a última bananinha que restava em meu bolso  foi para a pessoa certa. Uma moça que sentou-se e passou uns 10 minutinhos parada, muito mas muito próxima da chegada, a menos de 1km. Com dores no corpo e um pouco tonta, foi comer um docinho que ofereci e passar um spray (de que não sei) nas pernas, que ela se levantou e seguiu andando até a chegada. Guerreira!!!! Mais uma  concluída com sucesso!!! Parabéns!

E ainda vinha era gente correndo... meio dia já batia no relógio e muita gente chegando e muito mais por chegar. Lucas já não queria mais parar de ajudar o povo, subiu para Boca do Rio e não voltava. Chegou a me deixar preocupada quando eu não o via retornar. Mas foi assim por todo o percurso. Acredito que da parte de Lucas eu já posso fazer uma maratona, acho que posso contar com ele. Apesar de não contar com minha mãe, que acha loucura e não quer deixar. É muito difícil nossos familiares nos compreenderem, sem nos achar doidos.

Assim que cheguei em casa, me deparei (de cara) com uma mensagem carinhosa no meu facebook do atleta Marcus Rocha. Ele dizia assim: 

"Dart Andrade... venho aqui deixar um muito obrigado pela sua postura de hoje na Maratona da Bahia... Pegando água e dando aos corredores, sendo crucial em um trecho em que a hidratação foi péssima!! 
Sua postura e de outros ciclistas foi algo comentado... Que esse espírito esportivo nunca acabe!! Parabéns!!"


Afirmei ao Marcus, e afirmo aqui para os demais que agradeceram, que para mim foi um grande prazer. Gente eu AMO isso!!Vocês não tem noção. Eu amo corrida, é meu esporte e vou correr até morrer. E como sei das dificuldades ao longo de uma prova nada mais justo que por não estar correndo eu AJUDAR as pessoas. Não só eu, como Lucas Souza que realmente foi um anjo para muitos. 



Isso não foi nada demais. Apenas representa o amor que eu tenho a este esporte e a todos os maratonistas, e quaisquer tipo de atletas. Lamento é claro, por que isso deveria ter sido feito pela organizadora e para todos, já que ao fim ainda que seja uma distância de 3km a cada posto os corredores sentem. Vi tanto, mas tanto staff de braços cruzados, que nem ao menos gritavam para dá força aos atletas. Nada, simplesmente nada.




Mas enfim sabemos destes percalços quando nos inscrevemos nas provas. E não tem jeito a gente gosta disso tudo. Ao meu ver para a primeira Maratona em Salvador, fora estes deslizes achei muito bacana a raça da galera. Reconhecimento que foi feito pela organizadora caprichando na medalha lindíssima e nos troféus. Além disso premiando faixas etárias. Isso sim torna a prova ainda mais legal. O reconhecimento dos atletas.


Já minha premiação foi ver os amigos chegando bem e poucos atletas serem resgatados. De fato nisso foi lindo!!! quase ninguém passou mal. Mostra que baianos são de raça "pai". Aproveito para parabenizar a todos os atletas, e a João Paulo e Aline pelos pódios. 

Então é isso galera não precisa nem agradecer por ter sido bike anjo!! No fim ainda me fiz um bem grande, pedalando 53km hoje.
Foi de  mesmo. Isso me faz bem, saibam disso.