segunda-feira, abril 29, 2013

Afasta-te desta inveja sedentária e vem com a gente ser feliz!!!....

ATENÇÃO: Leia antes de tirar conclusões precipitadas.


Um sentimento não muito agradável, mas que aparenta (até mesmo) no esporte nos rondar. O que dizer deste sentimento INVEJA!! Não curto muito falar destes sentimentos negativos por onde passo, talvez por que não os tenha percebido no meu cotidiano de corredora amadora. Ops, será?? E quando não...

Diante de uma postagem da Fernandinha (FFF) hoje pela manhã no nosso querido facebook,  após ter completado sua primeira façanha numa ultramaratona, fui levada a refletir um pouco sobre este sentimento INVEJA. Nesta nossa vivência pedestriana. Coisa que não combina.

A postagem foi a seguinte: "E quando a pessoa pergunta se você DESISTIU em vez de perguntar se CONSEGUIU.... (dá um pau nela?hahahahahah...eu hein...parece que não me conhece! Só sairia para preservar a saúde, por cansaço, sol, desespero... NUNCA,NUNCA,NUNCA...)" .



Chorona, acima a Fernanda (de lilás) após concluir a  sua primeira ultramaratona,  ao lado da Lucina Ratinho que já é figurinha das ultras. A FFF perfez, nada mais e nada menos que 72,5km. E você que fez esta pergunta. O que fez no fim de semana?? Aposto que passou ele todinho com o traseiro afundando o sofá e completo comendo e assistindo filme que eu sei!!!

Até que ponto, este "ofuscado" sentimento costuma dá as caras nas pistas de atletismo?? 

Opa, opa creio eu que não necessariamente este incrédulo dê o pulo de gato nas nossas pistas, e sim no nosso cotidiano enquanto corredores. Ele costuma surgir de pessoas que simplesmente não entendem a PAIXÃO que nos move dentro do atletismo amador. 

A INVEJA ou talvez o melhor termo seria INCOMPREENSÃO, se dá ao fato de desconhecer o que a corrida a sensação que a corrida nos proporciona. Eu sei, sei disso!!!

Por que o que presencio outro sentimento nas pistas. Seja em corridas de 10k, 21k etc e tal que costuma dá as caras é a SOLIDARIEDADE. Esta sem igual vem sempre trajada de corredor. E não muito diferente esta é a sensação que motiva os próprios corredores de curtas distâncias bem como ultramaratonistas nos eventos (segundo nos informam). Eu mesma já fui apoiada por muitos deles, em provas que foram inesquecíveis para mim.

Apoiada pela Sueli em minha primeira meia maratona.
 E aqui pelo Jorge Ultramaratonista ainda em minha primeira meia.



Por que então esta solidariedade e este sentimento de compreensão não chegam aos nossos familiares, aos nossos amigos, namorados, maridos....?? por que eles não compreendem e às vezes destroem ou nos chama de egoístas pelo simples desejo de AMAR a corrida? Por que nos chamam de loucos quando queremos correr maratonas, ultramaratonas e das nossas maluquices de correr 24h seguidas (opa, ainda não cheguei a este ponto).

Como já sabemos a resposta é fácil.... Pelo simples fato de NUNCA terem se dado o gostinho de experimentar esta satisfação que a corrida nos proporciona. Mas diferente, jogam nos um balde de água fria acompanhada da pergunta de sempre: "De novo você vai correr??" Poxa...!!!

Um frase que jamais esqueço, foi quando um vizinho ao me ver toda feliz (chegando em casa) com um troféu de 1 lugar, no pódio da minha categoria, me perguntou se eu estava correndo com tartarugas. Que sou pangaré isso eu assumo, nunca visei performance e todos sabem, mas daí a fazer uma pergunta destas?? Tenha me santa paciência!!! Só não mandei ir tomar lá no funil por que sou muito educada.

Outra que adora fazer gracinhas é minha mãe.... meus familiares, que infelizmente até hoje não compreendem o que a corrida me provoca. Meu namorado, graças a Deus sabe e compreende bem...Mas diferente também não foi picado pelo mosquitinho da corrida. Não sente o mesmo prazer que a gente.

Mas hoje, plena segunda feira eu REQUISITO os INVEJOSOS, ou melhor dizendo os  INCOMPREENSIVOS a dá uma corridinha na orla comigo. E a você que esta em outra cidade, se dê este prestígio de correr pelo menos 10 minutinhos. Perceba que não é muito.



Quem sabe não são estes 10' que você vai se sentir na lua... Te digo a corrida pode mudar sua vida (ixi este finalzinho ficou parecendo coisa de igreja, mas é quase isso).
Eu AMO correr!!!

quinta-feira, abril 25, 2013

Com que cara eu vou?? Com a de sempre!!!

Diversas vezes  me peguei pensando a respeito de qual cara deve ter um corredor. Ora bolas, ele corre com a cara ou com as pernas??

Podem dizer que  pirei, mas a questão é que sempre que comento - com alguém, seja na faculdade ou em qualquer lugar que corro, vem sempre aquele olhar 43 sob minha pessoa. Sim aquele olhar 43 que o cantor Paulo Ricardo já dizia. Completamente invasivo mesmo!! Acompanhado, a resposta do outro lado é sempre a mesma: "Ah mas você não tem cara de corredora não. Você é normal!". Normal seria por que não sou seca??

Não tenho cara?? ai ai ai....

Tenha me santa paciência. Mas é claro que sou normal!!! Sou tão normal que nada me impede de AMAR a corrida. E se fosse anormal o que me custaria também gostar de correr? Qualquer um pode e deve procurar fazer aquilo que gosta. E como muitos já perceberam, foi neste esporte que me identifiquei e encontrei  prazer em praticar. O verdadeiro prazer de VIVER!! A corrida me faz bem e me faz feliz.

Mas ainda continuando este papo. Para praticar a corrida não é preciso ter a melhor forma física. E sim desejo e dedicação. Ou seja, se você estava correndo dela por que não quer mostrar o seu "corpito" na pista, pode dá a meia volta e retornar. E nem venha dizer que isso é desculpa. Por que definitivamente não é!

Para correr basta dá a cara a tapa e ir para pista. Qualquer um de nos podemos. E acredito que se vocês derem uma olhadinha nas entrevistas passadas, que já realizei aqui no blog, verão que há muitos corredores ditos normais e que por sinal correm muito bem! Tenho diversos amigos que começaram gordinhos e que hoje são bons exemplos na pista!! Uns super velozes que deixa qualquer canela seca para trás; outros super resistentes.

A diferença é simples. Qual tipo de corredor você quer ser. O corredor canela seca que se esforça para ser o primeiro ou o corredor resistente? Ou ainda, aquele que só vai para participar e ganhar brindes... etc e tal. 

Convivo com os mais diversos e acredito que já passei pelas diversas fases. E quem não? Eu já quis ser veloz demais, já quis ser resistente. 

Hoje a única certeza que tenho, é de que quero CORRER PARA SEMPRE. Seja lá como for!

 Eu quero é estar na pista e sentir esta ALEGRIA que a corrida me proporciona.



A cara de corredor para mim é aquela que a gente se depara correndo.

E pronto!!!  Não existe um rótulo para se correr. Não na corrida de rua amadora (que é a que verso em meu blog). Cada um segue o que deseja e da maneira que assim deseja.

Eu corro é com as pernas!


Seja lá qual for sua escolha,  você só precisa dá o primeiro passo... Começar!!!

segunda-feira, abril 08, 2013

Corrida Nutrirun - 15km


Primeiro fim de semana de férias e o mesmo foi todo recheado de coisas legais. Muitoooo bom mesmo!!! O sábado a começar pelo show de gravação do DVD de Saulo, e que gravação. Nossa perfeito, tudo maravilhoso, lindo lindo lindo!


Virada no moi de coentro cheguei em casa ainda com energia para no dia seguinte correr. Dormir 1 hora da matina, mas nada que me atrapalhasse de acordar no dia seguinte para correr os 15km em Pituaçu. Isso mesmo produção?? Ops nada disso....

Na verdade, até decidir correr este domingo foi um longo processo. Minha principal motivação teria sido a vinda da Fernanda Ferraresi (paulista doida para ser baiana) para Salvador. Tava inscrita bonitinha.... Mas eis que quando recebo o kit, na quinta feira,  me vem aquela dúvida. Correr ou não correr?

Como pode um simples número de peito colocar toda esta dúvida em meu esporte??? Ahhhh!!! Mas que simples número de peito rapáaaaa!!! Era um tal de 171. Um monte de gente nem sabe o que é. Massss.... dado alguns saberem, fiquei naquela indecisão. Sabe quando o homem recebe o 24??? Pois é. Até acho que estes números deveriam ser proibidos.


Amâncio, Fernandinha e eu nos divertindo com meu número (pena que ele não saiu na foto)


Poxaaa 171 logo para mim? Achava eu que era uma tal conspiração. Pensei até em pedir ajuda aos universitários mestres, meu Miguelito (o CEO). Ahhh mas este?? já tava era longe. Devia esta numa felicidade que nem mensagem enviou nesta viagem (senti falta), haviam viajado para correr a maratona de Santiago. Tá bem, bora lá Dart. 171 não influencia no que você é, nem tão pouco na tua ALEGRIA de correr.  O brilho é sempre o mesmo. Ouuu influencia quem sabe??? Trazendo MUITA SORTE. Foi o que sucedeu-se. Mas aguarda que ainda vou contar.

Era 5:10 da matina e diferente do que imaginava acordei até que bem disposta, dado ao show do dia anterior. A voz é claro, ainda dava para gritar. Em um pulo fiz meu suquinho, café e depois banho.... Prontinha estava eu na porta do hotel que a Fê estava e onde já me esperava com o Amâncio. Havíamos combinado de ir juntos.

Para quem não conhece a Corrida Nutrirun e claro não conheceria, tendo em vista que esta foi a primeira vez que foi realizada, a mesma foi criada por estudantes formandos de Nutrição da UNEB. Com o propósito de angariar fundos para realização da festa de formatura eles decidiram realizar este evento. Achei a ideia bem bacana, e ainda que realizada por organizadores amadores (os próprios alunos) decidi participar, pois sou aluna e sei bem o desejo de muitos que as vezes não possuem condições de participar da festa, mas que ficam na vontade. Participei e não me arrependi. Foi baratinha, paguei R$35 por que não renovei carteira com a federação, apenas com a CBAT e eles não aceitavam.




Terezinha, Amâncio, Thomas, Fernandinha, eu e Joelma

Eu e a Fê - fotos por conta da organizadora

Realizada em Pituaçu (ahhh se Netinho revitalizasse, ela seria nossa Pampulha), apesar do atraso e do erro de percurso (para menos), a corrida foi muito boa. Tranquilíssima. O tempo ajudou e mais que isso foi muito bem hidratada. Com água geladinha a cada 3km. Muitoooo bom!! Corri de forma bem leve e por um longo caminho - próximo a chegada, tive a companhia do esposo de uma amiga. Não tava nem aí com tempo, apenas com a participação. Faz um tempinho que não corro longões. 

Ao final lanchinho com fruta  e massagens. Ahhh sem falar, depois de todo lero lero com o número de peito, o mesmo ainda me trouxe foi sorte... Resultados da corrida - http://fba.org.br/verevento.aspx?id=106 Conclui com 1h29h

Um pódio de 1 lugar na faixa etária. Bom né?? Bom demais!!!


E o dia não terminou por aí... Nos arrumamos rapidinho e de tarde fui fazer um tour com a Fernandinha antes da mesma viajar. E aí já sabe né?? Passeio com turista tem de levar para comer acarajé na Cira e ainda sorvetinho na Cubana (quando não dá tempo de ir na Ribeira).... e foi isso mesmo que ocorreu.


Tá achando que depois desta perninha voltei para casa?? Que nada, ainda fui com meu amor assistir o show de nosso amigo Lucas Monteiro no Seu Boteco e claro assistir o BAVI mais esperado da históriaaaaa!!! Inauguração da nova Fonte  Nova. Que jogo!!!!!Emoção pura. Lembrando que não sou  Vitória. Mas não gosto de torcedores do Bahia fanáticos e chatos. Neste jogo o Vitória botou para quebrar. Inaugurou a casa do adversário, fez o primeiro gol da Fonte Nova e maisssss.....fechou o jogo com 5x1.
Eu estava assim com o Leãozinhoooo.... huuuuu viva o Vitória 


Agora sim pode subir as cortinas.....
...

terça-feira, abril 02, 2013

3 anos de muito AMOR e corridas!!!

Um pouco atrasada para festejar meus 3 aninhos de corrida, mas lá vamos nós!!!.... Minha primeira corrida ocorreu no dia 21 de março de 2010, um evento inesquecível.


Bem simples, mas tinha como presença a minha mãe. Quer incentivo maior??? Foi uma corrida gratuita, aliás solidária, na qual dávamos dois quilos de alimento e ainda levávamos um kit bem legal. Naquela época eu mal sabia destes eventos bam bam bam. Na verdade participei mais por incentivo de um colega - o Hugo que me apresentou a estes eventos.

De lá para cá muita coisa mudou e hoje as corridas não são mais as mesmas. Cheia de incrementos e com preços lá em cima o resultado é que continuo correndo com o mesmo amor de antes. Claro evitando algumas provinhas e correndo bem menos em eventos, penso eu!!!

Agradeço o incentivo de Lucas e de todos que se fazem presente seja via blog ou ao meu lado durantes estes anos. Sempre torcendo pelas minhas conquistas. Agradeço também a minha equipe linda: BALEIAS.


Minhas medalhas lindas!!!
47 eventos (não estão nesta imagem os troféus)