quarta-feira, janeiro 23, 2013

Einstein mobiliza população por trânsito mais seguro


Gente olha que bacana, um alerta também para a gente que pedala.... 

Em iniciativa instituição vai para as ruas de São Paulo em ação de mobilização e conscientização contra a associação de álcool e direção

Imagem inline 1
 
"O Brasil é o quinto País no mundo com maior número de mortes por acidentes de trânsito. São 42 mil motoristas, motociclistas e pedestres mortos todos os anos. Deste total, aproximadamente 70% são causados por pessoas alcoolizadas.

Preocupado com esse cenário que já configura um problema de saúde pública, o Hospital Israelita Albert Einstein acaba de criar uma campanha online de conscientização sobre os problemas da combinação entre álcool e direção.

A campanha, criada pela fri.to, conta com um game especialmente desenvolvido para a ação em que os usuários podem testar suas habilidades ao volante, enquanto garrafas de bebidas vão sendo inseridas na brincadeira, simulando todos os distúrbios causados pelo álcool e sua perigosa associação à direção. Intitulado “Racing Cars”, o game estará disponível em uma aba especial doFacebook do Einstein, juntamente com dicas dos especialistas em álcool e drogas do hospital, além do vídeo que mostra como foram feitas as blitze em bares na Vila Madalena, zona oeste da capital paulista, em que jovens experimentavam o jogo.

Nas blitze uma promotora abordava jovens que tomavam bebidas alcoólicas em diferentes bares de São Paulo e as convidava para disputar uma corrida no “Racing Cars”.

A cada fase da corrida, a pessoa era “premiada” com uma garrafa de bebida alcoólica e o controle do carro se tornava mais difícil. Quando o jogador inevitavelmente batia o carro, a frase “Aqui você tem uma nova chance, lá fora não. Não jogue com a sua vida” podia ser lida na tela do tablet. Neste momento, o voluntário descobria que estava fazendo parte de uma campanha de conscientização assinada pelo Hospital Israelita Albert Einstein.

As reações das pessoas abordadas foram filmadas e se transformaram no vídeo da campanha.
O objetivo principal do Einstein é mostrar, de forma prática, o quanto o álcool pode comprometer o desempenho e os reflexos de uma pessoa enquanto ela dirige.  Ao expor a pessoa a essa situação, por meio de um jogo, a condição de dirigir embriagado se torna mais real e, consequentemente, a conscientização é mais eficaz do que apenas falar sobre o assunto.
O vídeo da campanha estará disponível no Youtube do Einstein e também poderá ser compartilhado nas redes sociais pela aba especial do Facebook".

Link do Vídeo Youtube: http://migre.me/cWrRl
Aba com game: http://migre.me/cWrUN

sexta-feira, janeiro 18, 2013

Quem tem fé vai como quer e na raça!!! Superei.... Lavagem do Senhor do Bonfim 2013 melhor do que imaginei


Pensei se não vou na Corrida Sagrada, vou como a fé manda: a pé!!! 
Que a pé???..... fui com pé no pedal, com uma companhia "daquelas"..... Melhor impossível!!



No Campo Grande com uma parte da turma

Hoje eu tive a convicção de que quem tem fé vai como quer!!! e do jeito que quer, com a roupa que quer e com a promessa que deseja.  Eu estava era com a cabeça muito boa quando decidi ir de bike. 

Mal dormi, durante a madrugada toda hora acordava achando que já era a hora de levantar. Eu não via a hora de estar nesta grande festa. Às 5:00 já estava de pé e como combinado às 6:15 no Português (Pituba) a espera do Renato - depois de já ter calibrado os pneus no posto.

Da Pituba, eu e o Renato descemos ao encontro de Joci e João no Rio Vermelho, de onde seguimos para o Campo Grande para encontrar com os demais Amigos de Bike. Pegamos Rio Vermelho....e fomos seguindo.

ÔH ÔHHH... Após passar pelo monumento Clériston Andrade meus "coligados" começaram a não bater bem, a visão meio turva  e comecei a perceber que algo não ia bem. Foi a Santa Hora que Lucia Saraiva (Amigos de Bike) ia passando de carro com sua bike para se juntar ao pessoal no Campo Grande. 

Não deu outra, avisei ao Renato que minha pressão estava baixa. O mesmo soltou um grito para segurarem Lucia e rapidinho subiram minha bike para o carro, onde também fui rebocada... risos! Naquela hora eu  não enxergava absolutamente nada. Havia me alimentado bem até demais (2 xícaras de salada de fruta, cuscuz com carne assada e 1 xícara de café) e não sabia o motivo da queda de pressão. Na chegada ao Campo grande tomei um leite com sal, comi barrinhas mas  ainda sem  enxergar nada. Tava tudo turvo.

Passando mal

Foi a hora que decidi que iria embora. O pessoal começou a se mobilizar para descer para a Contorno e seguiram. Fiquei quase que praticamente "perdida", não por uma pessoa. Que decidiu voltar e  ficar comigo. O Renato. Affff... se não fosse Renato. Eu mal conseguia segurar minha bike. Não conseguia subir no passeio. Tava parecendo o bebum do youtube (clique no link).

O Salvador da Pátria - Renato (me convenceu a descer mesmo) - eu já sem o manguito

Ele disse Dart "Respira", deixa que eu seguro a  bike e bora tentar ir andando aqui pelo outro lado. Na caminhada mesmo. Antes paramos para que eu tomasse uma coca-cola para ver se reanimava. Foi dito e certo. Santa coca-cola que foi reanimando.  Do Campo Grande ao Bonfim devia ser uns 9 a 10km.

Cortando o caminho pelas ruas detrás do Campo Grande, mas sem deixar de contemplar a bela paisagem da Baía de Todos os Santos

Parecia que era calor. Quando eu digo que não me dou bem com calor.... Tirei metade da roupa, manguito, camiseta Baleias, mochila e dei o para segurar. E na tentativa descemos devagar de bike pela ladeira da Contorno e ruas por detrás do Campo Grande. Que contorno, ele que me contornou dizendo "Dart agora é só ladeira, você consegue. Vamos tentar".

Subi na bike e fui com a mão no freio e devagar, por que se ocorresse uma queda seria amena. risos!!! Mas nada de queda e o povo já estava a nossa espera na Igreja da Conceição da Praia de onde saía o cortejo da Lavagem do Bonfim.

Todos a postos, uma primeira parada para o pessoal fazer um lanche e pé no pedal...
O dono da lanchonete também pedala conosco

Logo em seguida pedal, e parada  na Praça Riachuelo 


onde ficamos assistindo o cortejo para depois segui-lo, passando pelas ruas detrás. 
Ainda na Praça Riachuelo

A gente pelas ruas detrás por onde passava o cortejo

O cortejo. Segundo G1 reunião cerca de um milhão de pessoas.

Nossa eu confesso, não há emoção maior que receber um banho de cheiro no cortejo da Lavagem do Bonfim. Não há emoção maior que ser baiana e bater a mão no peito e dizer eu AMOOOOO esta cidade, este povo, as nossas festas. Eu AMOOOO ser BAIANA. Viver as festas de largo, e da nossa terra é bom demais. A Lavagem do Bonfim não tem igual. É quase uma prévia de carnaval. Uma mistura. O religioso que se mistura com profano, mas que demonstra a verdadeira sociedade que vivemos. Não tem igual.

Da Riachuelo seguimos ao Bonfim, sem paradas e sem me sentir mal. Santa Coca-cola!!! Emoção grande foi na chegada ao Bonfim. O Hino do Bonfim faz qualquer um chorar, e ainda mais do percalço que foi chegar. Estar no Bonfim é SAGRADO demais. Obrigado meu Senhor do Bonfim, por mais um ano. Um ano de glória e pela felicidade que é estar neste lugar bem acompanhada.

Quase que sem roupa já, mas feliz, feliz da conta!!!

"Nesta Sagrada Colina, mansão da misericórdia. Dai nos a graça divina da justiça e da concórdia". 
Escute hino por Armandinho  youtube.

Obrigada a todos os bikers que estavam comigo, pela companhia. Foi MARAVILHOSO!!! Que o Senhor do Bonfim ilumine a vida de vocês e continuemos neste astral por todo os pedais!!!


Fotografias por Dart, Renato Salles e Otavio Nolasco
_________________________________________________________

ps. aos Amigos corredores: Alguns, que notaram minha ausência, na Corrida Sagrada vieram me perguntar por que não corri. Sendo assim sinto me "solicitada" a responder aos que também acompanham o blog. "Breve resposta":

Como alguns amigos corredores já sabiam, este ano me esquivei de correr a Sagrada. Tive motivos específicos para isto e que alguns acabaram nem sabendo do ocorrido entre bastidores. Meus motivos continuarão mantidos, caso a organizadora mantenha a mesma postura de reservar inscrições para "alguns corredores". Não concordo com atitudes deste tipo, ainda que eu venha a  ser uma destas favorecidas. Não concordo! Não vejo  por que fazer distinção entre corredores em uma corrida com vagas limitadas. Outra convenhamos que não é uma corrida "lá estas coisas" (atrasa sempre!! fora outros detalhes). Organização ultrapassada, que já deveria haver inscrições on-line há muito tempo, marcação de tempo em senha de papel "ainda" (coisa do século retrasado) ...  que se quer exigir do corredor, melhorem o nível também. Por que ninguém é besta eternamente.

Mas fico por aqui nestes pequenos detalhes, não quero seguir adiante, por que nem todos que visitam o blog, estão a fim de saber sobre organização tal ou coisa do tipo. Tem gente que nem corre provas organizadas por esta e nem sabe que existem. Alguns tantos passaram a conhecer através de mim por que fazia questão de enfatizar aqui. Sempre participei desta corrida pela simbologia da data e  por ser a corrida que abre o calendário. Outro movente por que eu FAZIA QUESTÃO de incentivar a "nossa" organizadora baiana, que diferente, como percebo, não fazia questão de nos prestigiar nem de nos respeitar. Enfim... vamos "simbora" que o ano esta apenas começando, e neste meu lema é "não reclamo = não participo" nesta ordem faço como muitos "sou boazinha".... Mentira, assim eu estaria sendo falsa. Como não quero ser nem tenho papas na língua, preferi agir assim me esquivando, não comento e  não participo. Assim tô agindo certo e sem falsidade.

eu Quero é ser FELIZ correndo, pedalando e vivendo!!!...

terça-feira, janeiro 15, 2013

Eu também uso o Tênis Sprint

 Tênis Sprint - R$150 + FRETE  
Personalize como queira

Lá em meados de novembro de 2012 tive a honra de receber este belíssimo par de tênis nacional Sprint, dos amigos Roberto Filho e Ana Paula.  Confesso que quando olhava no site não esperava que o tênis fosse tão bem feitinho. Sempre achei que por ser artesanal ele deixava a desejar nas costuras ou coisa do tipo, mas minha impressão veio tona assim que recebi os mesmos. O que eu já achava o máximo destes tênis era poder personalizar como eu queira. Percebam que o meu esta da cor do meu manto Coral, se quiser eles ainda bordam a Baleia, deixam o tênis como você queira. Da cor que você queira. Olha só este da minha equipe linda....


Ainda não tive a oportunidade de usá-lo em provas, por conta que do fim do ano a este início de ano quase não tenho corrido em eventos. Por conta da greve da faculdade, não tivemos férias e o semestre apertou. Mas já fiz mais de 15 treinos com ele e sim gostei bastante do tênis. As primeiras impressões você já sente ao pegá-lo, o tênis Sprint é super leve. Ao correr ele também é bastante ventilado, confortável ao pé,  a costura não machuca e se adapta direitinho. 

No meu caso que costumava usar tênis mais robustos e pesados, precisarei de certa adaptação devido a leveza. Nestes primeiros treinos não fui além de 6km, mas a impressão que fica é que com o tempo o tênis  vai se adaptando ao seu pé. Meu pé é bem gordinho e nele não senti nenhum desconforto. De fato ele se adequa ao pé. Conheço diversos ultramaratonistas que fazem uso do Sprint e falam super bem e olha que eles correm muito. Quem corre deve saber que nosso pé vai inchando com o passar dos quilômetros, mas com Sprint segundo estes corredores ele continua confortável mesmo nas longas distâncias, daí por que tive a curiosidade de conhecer também.  
 
Fico devendo uma foto utilizando ele em eventos. Mas prometo retornar nesta postagem para colocar foto do tênis na rua. É por que não costumo correr com celular, e muito menos com máquina, só quando vamos de carro, daí só dá para tirar com ele em casa. Com o intuito de não procrastinar mais esta postagem, preferi compartilhar minhas impressões do tênis logo. 

Agradeço desde já a oportunidade confiada pela empresa Sprint. Ahhh e recomendo que vocês conheçam um pouco da história desta empresa, é belíssima. Ora triste, ora de superação. Uma história passada de pai para filho. Muito bonita!!! Prefiro que conheçam diretamente por este site http://www.asprinttenis.com.br/historia.php

Para comprar entre em contato com a Sprint - (35) 3267-4053

#tênissprint

segunda-feira, janeiro 07, 2013

O primeiro fim de semana, do anoooooo de 2013....

"Gatenha" assanhada do verão....

Amanhecera um dia lindo, primeiro fim de semana e sábado do ano!!! O despertador toca, e em um passo  já o desligo. Em seguida volta a tocar, agora o celular, era "nosso" despertador humano - Conceição. Esta acorda às 3h da matina e dorme às 18h. Não tive dúvidas em levantar da cama já que o dia prometia. 

Havia combinado mais uma vez com os bikers. Diferente do ano passado, este era um sábado em que não tive desculpas para faltar o pedal da Pipa/Carlotta - antes eu tinha aula. Como diz o próprio Lucas, este ano minha aula, dos sábados, se chama Pipa. 

Dei um pinote e fui apreciar o dia e o calor do lado de fora!!!!Por que ninguém merece passar calor em casa.  E que dia e que praia.....

Antes é claro uma passagem no posto para calibrar os pneus e em seguida ir para barraca de encontro. Como de costume o percurso do sábado continua mantido - Pituba a Praia de Ipitanga, agora  na Pousada Carlotta. 


O pedal é de 40km, claro que desviando podemos aumentá-lo.


Para os "RODA PRESA" a gente sempre acrescenta algo. Por que somos daqueles que ficamos até os últimos minutos. Parecemos pinto dentro de lixo. Curtimos muito viu! E com esta turma é alegria garantida.

Saímos às 8:05 do Jd. dos Namorados. No início senti que estava meio lenta talvez por que voltei a academia (será que continuo??)... mas com o passar do caminho o pedal foi ficando cada vez melhor, sem falar nos papos. Até Ipitanga nossa velocidade média foi de 17.8km. 

Renato, Conceição (do meu lado), Madalena embaixo de azul, Jose ao lado da mesma e Lourdes embaixo

Ao chegar aproveitei e não deixei de tomar aquele banho de mar. Nossa como a gente é sortudo, ter um marzão só nosso!!! risos!! E aproveitar justo no primeiro sábado do ano...tem toda aquela energia.

Água deliciosa, mas a maré tava cheia e com ondas fortes. Fiquei um pouco e logo sai para bater papo com a galera. Papo bom!!! e ALEGRIA de rodo!

Logo a primeira parte da turma inventou de voltar. Mas quem disse que afundou o barco??? Eu como não sou besta  fiquei para voltar com a segunda remessa. rsss.... Só volto no fim da festa. Sempre é assim, seja festa BALEIAS, seja folia de ciclistas.  Ficamos acredito que mais umas 2h eu acho que retornamos só ao meio dia...Isso para a primeira parte do caminho....kkk!!


O calor tava de lascar na hora do  retorno e a ciclovia aquele "inferno" de gente passando. Desculpa o palavreado. Mas a ciclovia de Salvador é um pouco difícil de lidar. Parece que as pessoas acham bonito parar no meio da ciclovia e ficar batendo papo. 

Quente demais que decidimos parar para tomar um coco. Que dureza!!! Outros até molharam a cuca!!


E a fome já ia batendo. Fome esta que acabou nos levando para uma Moqueca de Camarão maravilhosa no Ki Mukeka. 

E se não tem estacionamento para bike. A gente inventa produção....

E vamos  FELIZES


Já no domingo aconteceu o pedal da ASBEB, como acordei muito tarde acabei não indo. Mas no fim do dia aproveitei para prestigiar dois amigos músicos, um por sinal ciclista amigo da turma - Adelson e Tota, no "Cine Concerto". A Orquestra Sinfônica da Bahia, regida pelo maestro Castro Prazeres, reuniu alguns dos mais famosos temas do cinema em todo o mundo. De sucessos como Superman, Star Wars - Guerra nas Estrelas, E.T. – o Extraterrestre, Indiana Jones e Tubarão, entre outros filmes.  Valeu muito a pena, muitoooo bommm!!!




 Com o amigo biker João, Lucas (amor), Adelson biker e músico
O músico Tota Portela


O fim de semana foi maravilhoso, dá para perceber né. A cada semana estou ficando mais craque nisso. SER FELIZ é o que há!!!! Agora é pé na tábua que a semana esta começando.

Eu poderia pedir muitas coisas a Deus! Mas vou pedir somente duas: Que ele me mostre sempre o melhor caminho.... E que eu tenha bastante saúde para desfrutá-lo. 

Ótima semana a todos!!!! ♥