segunda-feira, outubro 15, 2012

Meia Maratona Farol a Farol - delícia de calor!!!!.... Meta cumprida

Muito calor na Meia Maratona Farol a Farol - 
eu quase chegando / na altura do Cristo na Barra

Sempre tive dúvidas e muito receio de correr uma meia maratona em Salvador. Como muitos sabem, odeio calor e não tenho tanta resistência na corrida exposta ao SOL. Ok!ok! certo. Aí sempre vem um que grita: "ah Dart mas corredor que é corredor, é resistente a qualquer clima". Pois eh, Eu não!!! Cai muito meu rendimento e me incomoda.

Bem, mas pensando bem, depois de muito "correr" das meias daqui. Duas coisas me deram entusiasmo em participar desta. Primeiro o Lucas Monteiro, amigo nosso, ter aceitado estrear em meias maratonas e segundo por conta do Enio - Baleias de SP ter aceitado vir correr aqui também. Com duas boas notícias seria muito chato eu não participar. Inscrevi-me sem nem pensar e fui fundo no desejo. Em seguida ainda vieram mais notícias boas. Seria a estreia de Sandra como Baleias e nos 10km, e  Aparecida - Baleias de Aracaju também viria.


Ahhh  aí pensei de vez,  poupe-me viu Dart. Vai e faz uma corrida "a la BALEIAS".

 E foi o que fiz....

Fui dormir tardão por conta da saída de ontem (sábado), isso umas 23h. Às 4:50 já estava de pé disposta. 6:10h - Lucas Monteiro passou e saímos em direção a Itapuã, de onde seria a largada. 

Acredito que chegamos lá por volta de umas 6:35... Corri em busca de um guarda volume e fui a procura do Enio e da Aparecida. Claro que foi muito fácil encontrá-los.

Eu, Lucas - amigo que estreou em meias, Enio e Aparecida

Encontramos uma amiga da  ACORJA

O Lucas, meu namorado, havia decidido não correr a meia. Não estava a fim e nem treinando. Tive de entre aspas aceitar a vontade dele. 

Logo que cheguei em Itapuã encontrei poucos conhecidos e como estava sem máquina, na hora não deu para tirar foto todos. A largada foi dada com 6 minutos de atraso. 

Como a semana havia sido quase que completamente nublada e chuvosa, todos nós esperávamos que o tempo se mantivesse. Mas neste dia São Pedro decidiu nos pregar uma verdadeira peça.

Eu, Enio e Aparecida largamos a corrida juntos. Aparecida depois acelerou o passo e ficando apenas eu e Enio.

 Eu e a Aparecida
Eu e Enio

Começamos a corrida com clima ainda tranquilo, talvez por volta de uns28ºC. Mas este  foi subindo e deve ter chegado a bater uns 31ºCMeu intuito era repetir a dose do Rio de Janeiro, que completei a prova em 2h05. Ahhh mas com a temperatura que fez...dava não. Ela foi subindoooo e subindo e os postos de hidratação me atrapalharam muito.

A gente vinha num ritmo legal e dava para chegar no tempo previsto se mantivesse. No entanto os postos de isotônico pelo menos a mim atrapalharam demais. Colocaram uma barraca, e todas as vezes que eu chegava tinha engarrafamento de gente. Só tinha dois postos de isotônico. Daí dado o calor, eu não quis evitar de pegar. Até mesmo o uso do gel, ao invés de ter sido dois como de costume, usei o de reserva. Nos postos de isotônico sempre o meu ritmo caia em pelo menos 2seg. Mas firme e forte continuei. 


Corremos lado a lado com alguns integrantes do Pro Maratona que por sinal nos deram muito apoio . ( Na foto acima, Roberto ao meu lado. Ele é o mentor do projeto que visa pedir que organizadores tragam a Salvador uma maratona).

Corremos também ao lado de outros amigos que íamos encontrando pelo percurso. 


Enio incessantemente sempre registrando tudo. Ah japonês para tirar fotos legais.

E lá se foi Patamares, Boca do Rio. Neste ponto acima estávamos quase que na metade da prova.

E foi justamente a partir da metade da prova que a coisa foi ficando difícil e muitos começaram a desistir. 

Ao nosso lado, na orla sempre ia passando alguns amigos. Vários que nos gritavam e falavam alguma palavra de incentivo. Maria do Carmo, de bike, que encontrei em dois pontos; os Amigos de bike ( Zanine, Lúcia, Lourdes...) que também encontrei no jd. de Alah, bem numa subidinha  leve da corrida;

o Alexandre Huang da Marathon Club que nos encontrou em uma parte critica da corrida, justamente na parte da Pituba em que algumas pessoas começaram a desistir e que por sinal dei apoio para que desistisse. Eu sou o tipo de pessoa que se vejo que a pessoa vem mal, incentivo mesmo para que pare. Enquanto outros ficam mandando a pessoa (que já esta amarela, continuar. Eu incentivo para que reconheça o corpo e decida). 

Neste ponto após a Portinox vi alguns desistirem. Mas não penso que são fracos. Muito pelo contrário. Ao encontrar o Alexandre, o incentivo do mesmo veio por meio de um copo d'água. Nossa!!! um copozinho de 200ml que naquela hora valia ouro. E de fato valeu muito. Obrigada!


Passados os bairros da  Pituba, Amaralina (onde havia um posto de isotônico difícil também de pegar) eis que vem outra parte difícil da corrida... Já estávamos depois do km15. 

Nesta hora a canela queimava e apesar da prova ter tido uma hidratação muito bem equilibrada, a cada 2km de prova, ainda assim um copo ou dois não eram suficientes para manter a temperatura do corpo agradável. Se eu pudesse estava ali correndo com uma mangueira aberta.

Na foto acima, no ponto do Rio Vermelho surgiu um outro anjo que peço desculpas por não saber o nome. Naquela hora nem dava mais para perceber quem era quem...risos! Mas sei que era um rapaz da assessoria Pace Sport. Ele se aproximou de mim com um copo de água, me deu e não lembro o que disse, mas acho que desejou boa sorte. Nem acreditei. Agradeci, e ia pensando comigo mesma o quanto  ter a presença daquelas pessoas ao nosso lado nos faziam querer chegar ao pórtico o mais rápido. Pensava, este é o espírito de se correr em grupo. E digo isso não por que estava correndo em grupo, mas por que as assessorias de Salvador agiram numa sintonia sem tamanho. 
A cada parte do percurso eu percebia um tenda, ou alguma movimentação de assessoria e todos trabalhando numa dedicação sem igual. Quero parabenizar  a todas as assessorias de Salvador pela dedicação. Parabéns também a Sport Run, obrigada pelo incentivo dado pelo Dielmo. 

A corrida estava difícil sim, não podemos mentir. Muitos já tinham desistido nos km anteriores. Desde o ponto do Jd, dos namorados vi gente largando a prova. 

Naquele momento, pelo menos comigo não eram as pernas que reclamavam. Mas o calor que me incomodava demais. Eu já havia perdido a minha meta pelo caminho e a esta altura só queria chegar. Pensei se já estou com a meta perdida agora só me resta chegar. E pisei fundo sem fraquejar, QUERO CHEGAR. Ia me consolando com boa parte dos que eu encontrava. Dava até para bater um papo.

Boa parte destas fotos aí do percurso foram tiradas pelo Enio que correu ao meu lado e por sinal bem para quem não esta acostumado com calor.

 Lá vamos nós, quase chegando em Ondina. Percebam a claridade do dia. Céu sem nuvem alguma. Só sol.
Na altura de Ondina, foto tirada por Alexandre Huang

E lá vou eu chegando gente

Foto tirada por Ruy
Feliz demais por estar concluíndo a minha primeira meia em Salvador. 

E lá estava eu chegando....  FELIZ demais.  

Quando termino uma corrida sempre repito que não tem coisa que me faça mais feliz quanto a corrida me faz. Mesmo debaixo do SOL de ontem e da dificuldade que foi, eu digo com toda certeza e convicção EU AMOOOOOOOO CORRER. 


EU AMOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!! Não importa tempo. 

E digo mais, não adianta brigar quando não se consegue a meta que queria lembram da semana passada?? Que nem fechar o treino fechei? Pois bem quando não dá é jogar a meta para cima e não desistir. Não consegui bater o tempo das 2h05 que fiz no Rio de Janeiro, em julho. Mas ainda assim saio com o SORRISÃO NO ROSTO da foto acima e com a convicção de que Deus me fez para correr. 

Obrigada !!!!!!! a TODOS. Todos que se esforçaram nesta meia e que nos deram apoio. Que nos ofereceram um copo de água quando a luta para chegar parecia difícil. A todos que fizeram desta corrida uma festa linda. PARABÉNS aqueles que desistiram também, quando o caminho parecia árduo demais. A desistência de vocês não foi uma coisa feia, não foi fraca. Foi forte até demais, de reconhecer os próprios limites do corpo. Esta não é a única corrida da sua vida, muitas virão. Parabéns aos que chegaram, aos que não chegaram, a TODOSSSSSSS NÓS!!!! Que AMAMOS CORRER SEMPRE. 

Após esta chegada linda e ao lado do Enio. Primeiro tomei um banho e coloquei muito gelo dentro da meia que parecia que estava pegando fogo.

Depois pose para foto...


Mas comecei achar uma coisa muito esquisita. O Lucas meu namorado, apesar de não correr, havia me falado que iria me ver. Mas até então nada, nada dele, nem sinal. Achei muito esquisito. O Lucas Monteiro chegou 

Lucas parabéns pela estreia

Mas nada do meu Lucas (meu amor) ali. Passa um tempo e quando é daqui a pouco, Lucas M., me mostra Lucas meu amor chegando. Nem acreditei, comecei a gritar Lucas, Lucas, Lucas... isso para tirar foto. Ao mesmo tempo ainda não acreditava no que estava vendo e no que ele tinha feito. Os Lucas já não sabiam a quem eu chamava, com tanto Lucas na vida....rsss

Lucas simplesmente fez um treino de 21km. E eu simplesmente não acreditava na doidice dele. O mesmo saiu de Itapuã bem depois da gente, com apenas uma garrafinha de água e um gel, sem ter treinado nada. Isso simplesmente para me fazer feliz. ÕHHH Meu Deus diz se eu mereço um amor destes.... nem acreditei. Ainda assim sem consumir nada da organização ele fechou o treino em 2h07, pensei é louco mesmo. Relatou até que pelo meio do caminho ouviu piadas como: "ôh cara, você esta atrasado demais. Os Baleias passaram aqui faz tempos".... morri de rir. ôhhh povinho da Bahia que incentiva a gente. Sai da rua vagabundo, fechando o trânsito. Pense no que ouvimos!!!


É meu amor, meu Luquinhas lindo.

Louco....como é que faz isso sem me avisar

Fiquei muito orgulhosa dele. Depois desta loucura tiramos mais algumas fotos e .....

 Turma
 Lucas, eu e Enio
Cobra, Sandra, eu, Aparecida e Enio
Saudades do Emerson

e BALEIAS que somos, fomos confraternizar. Passamos quase que toda a manhã na Delli Porto. Conversa boa que rendeu e muito


Mas não podíamos deixar de prestigiar o Enio em um restaurante regional. Fomos então almoçar no Sertão Bom. Pense num lugar que adoro.


Depois passamos em casa. O Miguel nos ligou e pediu que o Enio desse as boas vindas a minha mãe como a mais nova BALEIAS.



Dia MARAVILHOSO!!! Parabéns a todos pelas estreias em meias. Ao Lucas Monteiro, a Sônia, Fagner, Januário, Berilo, a todos os amigos corredores e aos BALEIAS pela festa que fizeram. Parabéns também aos organizadores pela corrida e organização. Desculpem-me se esqueci o nome de alguém.

ps: meu resultado nos 21km foi de 2h13. Fui a 6 colocada na faixa etária e 53 no geral feminino.

17 comentários:

Sandra costa pinto disse...

Relato fantástico adorei tudo,parabéns pela excelente corrida Dart.

Giuliano disse...

Muito bom!!! Terminar uma prova difícil desta é bom demais. Só quem enfrentou os 21k sabe o quão difícil foi. Parabéns!

Giuliano disse...

Parabéns!

claudio dundes disse...

Fiquei até com vontade de passar calor!!!

Show de prova. Parabéns a todos e EU NÃO ESTOU COM INVEJA, NÃO ESTOU COM INVEJA (quem sabe eu me convenço disso, um dia, risos)

E o Enio com um latão de skol que eu vi, também fiquei com inveja disso!!!!!

Grande abraço do Claudio Dundes

Samuel disse...

Dart

Seus relatos são sempre cheios de emoções. Parabéns pela corrida. Cheguei a ver o Lucas e até perguntei por você. Também achei estranho encontrar com ele. E viva aos Baleias!

Roberto Encarnação (Bikeselva) disse...

Dart,
A prova foi bem quentinha mesmo...mas nada que nos tirasse o prazer de corrê-la.
Abraços!

Alessandra disse...

Oi Dart!
Belissima prova. Parabéns!

elis disse...

também tô morrendo de inveja:)
que farra boa cês fizeram aí nessa prova!
delícia de prova, e na companhia desse bando coral lindo e cheio de energia é que fica boa mesmo:)

parabéns, Dart!
pela garra, e por ser esse amor de pessoa que você é
Ênio é tudo de bom!
super amigo! super companheiro!
e fotógrafo de primeiro!
correr ao lado dele é garantia de boa companhia e fotos lindas no final:)

feliz de saber que sua mãe entrou pro bando mais festeiro e festejado do universo!!!
seja muito bem-vinda!

abração!

Victor Caetano disse...

Pense num relato "irado", foi esse..rsrs

Muito legal Dart, a prova no calor, to suando aqui...rsrs...

Ano que vem se deus quiser será meu ano nas meias.

Abraços,

Victor Caetano

corridaurbana.com.br

Helena - Floripa/SC disse...

Dart!
Imagino a sua emoção e surpresa ao avistar o Lucas. Que bacana, heim. Vocês foram um casal lindo.
Parabéns pela prova. As fotinhos ficaram ótimas tbem.

Beijos
Helena
correndodebemcomavida.blogspot.com
@correndodebem

Dr. Scholl's disse...

Oi Dart, tudo bem? Sou responsável pelas mídias sociais da Dr. Scholl's Brasil e estamos fazendo uma promoção no nosso Facebook. Vamos dar 5 inscrições para a próxima etapa da Track&Field Run Series, que vai acontecer em Salvador. Viemos aqui contar pra você para que possa participar e/ou divulgar, caso tenha interesse. O link é esse: http://on.fb.me/QNEmbg Um abraço e obrigada, Fabiana

Enio - Baleias/SP disse...

Muito, muito, muito, muito obrigado!!
Nossa!!! Que fim-de-semana fantástico!! Agradeço a você, ao Lucas e à Sandra pelos dias incríveis que passei em Salvador.
Gosto demais da Bahia. É onde eu passo as minhas férias para, realmente, descansar(principalmente nas águas quentes e tranquilas de Boipeba e Barra Grande). De Salvador só conhecia o trajeto aeroporto/ferry-boat e de dentro de um táxi. Passear pelo Centro Histórico e andar de ônibus pela capital baiana foi uma experiência interessante (a gentileza dos motoristas ao permitir a minha entrada no ônibus pela porta da frente - estava com duas malas - e a atenção de um cidadão que não sabia se o passava ônibus para o aeroporto naquele ponto, mas que foi em busca de informação para me confirmar - são essas atitudes que nos fazem gostar da cidade e de seu povo).
Gostei demais da Meia Farol a Farol!!!
Sempre digo que são abençoados aqueles que correm e treinam com o mar ao lado.
Sim, o sol pega forte, mas a brisa que vem do mar aplaca o calor (lembra que o calor aumentou depois da metade do trajeto, foi justamente quando a intensidade do vento diminuiu).
Nessa Meia Farol a Farol pensei: "Pra que subida se já tem o calor" - só para efeito de comparação: Na Maratona de Foz do Iguaçu (com suas subidas) fiz a primeira metade em 2h11' e enquanto que aí fizemos os 21k em 2h13'
Também sofro muito com o calor, ainda mais quando está abafado. Para tentar me "acostumar" com o clima, procuro treinar em horário mais quente (e também porque já não acordo cedo para treinar...rsss)
Com relação às metas de tempo, já me desencanei. Agora eu gosto de correr para curtir o trajeto (acho que esse é um dos motivo que não corro mais aqui em SP). Ainda mais quando a corrida passa por lugares interessantes e com visual incrível.
Parabéns Dart!!! Parabéns Sandra!!!
Parabéns Aparecida - BALEIAS/Sergipe!!!
E Parabéns Lucas!!! (doido!!! 21k com uma garrafinha d'água é treino para camelo...rss)
Parabéns à sua mãe - a mais nova integrante da equipe BALEIAS!!!
Senti-me honrado pela oportunidade de ter dado boas-vindas à ela.
Brigadão por tudo!!!

Enio - Baleias/SP

Luiz Souza disse...

Muito legal essa corrida Dart.
Parabéns, calor animação e muitos amigos juntos.
Muito 10 mesmo. E bastante fotos, você está bem assessorada hehe.

Antonio C R Colucci disse...

Parabéns Dart!
Ótimo relato!
Belas fotos!
Muito sol e a orla de Salvador!
PERFEITO!
Essa prova eu quero fazer.
Beijos
Colucci
@antoniocolucci

--*´¨)¸.·´)¸.·*´¨ducau13 disse...

É isso aí Dart! Cada prova que nos põe à prova tem um gosto especial, pois percebemos que desconhecemos nossos limites e somos mais capazes do que imaginamos. Parabéns!

JOSÉ AMÂNCIO NETO - CORREDOR DA 3ª IDADE disse...

Muito legal seu relato Dart! você é Show! Parabéns. A corrida foi mnaravilhosa e no meu caso nem senti muito calor, pois imprimi um ritmo moderado do começo ao fim. Assim como você, fiz toda a prova ao lado de amigos (as), fotografando e me divertindo. Foi uma experiência fantástica. Abraços

O Corretor Corredor disse...

YES !!!
Parabéns pelo seu Blog.
Continue assim e Sucesso !!!

um abraço do
O Corretor Corredor
www.ocorretorcorredor.blogspot.com