segunda-feira, agosto 20, 2012

Amigos de Bike na trilha de Cruz das Almas

By Renato Salles

Domingo (19/08/12) e às 4 horas da matina eu já estava de pé, apesar de ter dormido tão tarde. Confesso que dormir em minha casa dia de sábado é péssimo, tem um barzinho de frente e fica aquele zum zum zum. Mas enfim levantar às 4 horas tinha uma boa causa. Correr??? Não, não. 

Em Cruz das Almas

Desta vez não era para correr, acordamos tão cedo para pegar estrada mesmo. Viajar até Cruz das Almas (à 152km de Salvador) para pedalar numa trilha com os Amigos de Bike. Evento organizado pela Lúcia. Este, foi pedal um pedal comemorativo de aniversário dos Amigos de bike. 

E depois de muita insistência e de até ter conseguido uma bike de MTB emprestada  para meu namorado, consegui colocá-lo no meio dos MTB (afinal a bike dele é de speed). Pois é.... e se saiu muito bem para a primeira vez. Pedalou de sapatilha e tudo.




A saída em comboio, para Cruz das Almas, aconteceu em um posto de gasolina - que fica logo após o Hospital Sarah. Nos dividimos entre diversos carros. Eu na ida fui com o Jaime, sua esposa e uma amiga. Já o Lucas foi com Alexandre e Roque em outro carro. Esta divisão aconteceu muito mais devido a não caber todas as bikes em determinados carros.

Ainda em Salvador

Saímos mais ou menos as 6:30 da capital. Com duas horas de viagem já estávamos em Cruz e fomos muito bem recepcionados por ciclistas da cidade e alguns de Salvador que já estavam lá desde o dia anterior.

A trilha começou mais ou menos às 9:27. O clima estava ótimo, com um sol ameno. Mas sabe como é este sol de interior né?? dá para queimar a pele. 

A trilha embora pensasse que seria maior, foi exatamente de 27km. No entanto marcada por muitas subidas e descidas. Terreno de barro, com lama presente pelo caminho, pedrinhas e até cascalhos que escorregavam nas descidas.Por pouco não cai em uma das descidas. As subidas...hummm, só não subi na primeira, mas algumas foram dureza. Havia vegetação verde,  frutas pelo caminho - jambo, laranja e até bichos, como vaca, bezerros, e bode. 


Fotos mescladas de Carlos Ribeiro, Lucas de Souza, Dart e Renato Salles


Uma boa trilha para quem gosta de natureza. Eu que sempre ia para roça quando morava em Jacobina, me senti em casa e curti bastante relembrando minha cidade. Valeu muito a pena!!! A gente que fica preso na capital, participar destes eventos nos faz muito bem. Voltei outra Dart.

Ops e sem esquecer o destaque do pedal. O grande campeão Alvin, que nos acompanhou por todo percurso, se divertiu para caramba.

By Carlos Ribeiro

Após o pedal ainda seguimos para um restaurante, para confraternizar com todos os ciclistas. Muito bom!!! E claro não podia faltar o lindo bolo do Amigos de bike. 


Aproveito este post para agradecer a todos os Amigos de bike e a Lúcia pela receptividade, de sempre, nos pedais. Ao Jason Dias por ter emprestado sua bike a Lucas, ao Alexandre e ao Jaime pela carona e todos que nos acolheram, principalmente aos moradores de Cruz das Almas. Claro nos demais pedais agradeço também ao Zanine.

Miguel logo mais temos de montar um BALEIAS bikers....rs!! Ohh de bikers já tem eu, Dundes, Ricardo...

3 comentários:

ULTRA Sandrinha disse...

Querida Dart,
Vim retribuir sua amável visita no meu BLOG e deixar meu agradecimento. Adorei seu relato, você está detonando nas pistas de corrida e de ciclismo. Que Deus continue abençoando e protegendo seus treinos e competições. Grande beijo, abraço carinhoso de quem torce muito por você.

Douglas Cardoso disse...

Olá Dart, tudo bem?
Você não me conhece, mas sigo seu blog a um tempo. Sou corredor amador e, de tando ler blogs de corrida, resolvi criar um também.
quando puder dê uma passadinha por lá.

Douglas
corridaporprazer.blogspot.com.br

BALEIAS disse...

Olá Dart, minha querida Baleias de Salvador. Vamos invadir o mundo do ciclismo. A coleção Baleias para esse esporte virá em sua homenagem e a Claudio Dundes porque é felomenal ele caber no banco do "camelo" e não perder a bicicleta. A gente chamava assim nos meus tempos de "Caloi 10" que nunca tive e sempre desejei. Eu tinha uma "dobrável". Tenho planos de experimentar esse esporte também porque vou fazer um Ironman em 2015 ou 16, dependendo dos malucos que conseguir arregimentar para mais esse ousado projeto. Grande abraço e recomendações minhas ao grande Lucas. Miguel Delgado.