segunda-feira, julho 30, 2012

18ª Corrida dos Carteiros - Salvador


Depois do domingão passado - de pedal, este foi de corrida. Estava inscrita na Corrida dos Carteiros e embora tenha dormido muito tarde, não foi este o motivo por ter acordado tão atrasada. Simplesmente meu celular não despertou, devido um tal de som de aplicativos estar desativado. Resultado só acordei por que Lucas me ligou às 6:35 para saber o horário da largada da corrida, afinal o mesmo não estava inscrito e sairia apenas para fazer um treino (coisa rara). 

Abalada com o horário, corri primeiro para cozinha é claro. Afinal se não comesse assim que acordei era capaz de colocar para fora o café da manhã na hora da corrida. Tinha pouco tempo e simplesmente bati uns 500ml de vitamina de banana com leite de soja e engoli (nossa só depois fui ver que havia tomado demais). Corri para o banho me arrumei e ainda antes de sair, engoli um pãozinho integral com carne afinal o receio era por não ter engolido nada salgado. Preciso comer algo salgado sempre. O meu café sagrado infelizmente não pude tomar, caso tomasse não daria tempo de pegar meu número de peito que ainda nem estava em mãos.

Devido a morar na mesma quadra dos Correios, levei menos que 4' para chegar ao local. Também sai em disparada, pois a largada era às 7:20. Ufffaaa!!! Nem sei como cheguei. Confesso que pensei em desistir de ir. Mas BALEIAS que é BALEIAS não desisti nunca.

Pouco tempo para falar com os amigos, Paulo, Sandrinha Grisi, Zezé, Augustinha, Nice, Rebeca, D. Gina sua mãe... e já era dada a largada. 

Paulo, o amigo, eu , Gugu e Sandrinha Grisi (pessoas queridas)
D. Gina e Rebeca

Não sei o que me aconteceu este fim de semana, mas não sei se devido as aulas diurnas de segunda a sábado,  tenho me sentido um pouco cansada. E acreditem se quiser, o cansaço bateu no meio da corrida. Fiquei ali me perguntando, mas que diabos estou fazendo aqui? Poderia estar em casa dormindo. Nesta hora até lembrei da minha mãe. Foi justamente quando eu já estava próximo de cruzar os 5km e no mesmo momento em que avistei dois rapazes, aliás um menino novo e um de mais idade cortando o caminho da corrida. Pensei novamente - MAS QUE COISA FEIA.... E segui.

Foi a hora em que no meu desânimo, escuto alguém gritar "Bora Baleias!!". Era o grito de Berilo e que naquela hora me reergueu. Bora embora Baleias...desencalha desta colônia. E mantive o pace. 

Outra surpresa do outro lado da pista. Avisto um laranjão, ops???!!! Um Baleias?? Como, se em Salvador só tem eu e Lucas? Ah mas é claro, era justamente ele. Estava treinando e apesar de ter feito o mesmo percurso que todos, não se utilizou de nada da prova. Coisa que há muito alerto meus amigos. Querem usar a pista, tudo bem. Mas levem seus pertences e não usem da organização. Afinal não queremos ser rotulados de penetra.


Ao avistar meu Baleizinha, sai mais feliz. Sabia que lá atrás vinha alguém me acompanhando...apesar de lá no fundo (mas com um ótimo tempo -hihhiii). E infelizmente ao cruzar ali perto do Centro de convenções quase fui atropelada por uma mulher mal educada. Gente precisava uma falta de educação destas? Esta vendo um evento acontecendo, corredores passando, precisa uma grosseria destas? É por isso que eu continuo afirmando AMO MINHA BAHIA, mas ôhhh povinho SEM EDUCAÇÃO. Não estou falando de todos, mas de uma maioria mal educada, que não se coloca no lugar do outro. Xinguei a mesma de tudo que é nome.... aíii que raiva.

Mais a frente o trânsito se tornou um caos, simplesmente os carros invadiram a pista. Engraçado tinha policiamento. Motoristas invadiram a pista a ponto dos corredores terem de correr em cima do canteiro. Foi a solução encontrada por mim, afinal melhor correr em cima do canteiro cheio de buraco, a querer competir com carros. Logo ao meu lado, uma cadeirante quase atropelado por um caminhão.

ABSURDO.... A iniciativa de ter categoria para corredores com necessidades especiais é boa, no entanto, se os Correios se propõem a fazer uma corrida que integre cadeirantes bem como outras necessidades, precisam dar condições para aos mesmos participantes. Uma corrida que nem sequer tinha condições de um corredor tido como normal correr, imagine um da categoria PN?? Em que carros quase atropelam corredores, cadeirantes no mínimo isso se chama falta de responsabilidade e precisa melhorar. 

Enfim, se eu gostei da corrida?? Bem eu continuo afirmando que corridas promovidas pela FBA e AVAB sempre irei apoiar e gosto muito delas. Por mais que estas, às vezes, deixem  a desejar, penso também no corredor humilde que não tem condições de correr provas glamourosas e promovidas por grandes organizações. Que a FBA e AVAB precisam melhorar os eventos nós já sabemos. Mas neste caso, diferente de muitos corredores, penso que não é deixando de participar que iremos ajudar. Sempre vou afirmar, que me sinto mais segura correndo provas destas organizadoras, em que aceitam no máximo 600 atletas correndo. Nestas são 600 atletas para 2 ambulâncias, diferente das glamourosas que correm com 5mil/6mil atletas e mantém-se 2 ambulâncias. Sem falar que nestas corridas lotadas já presenciei muita coisa chata (sem falar nas mortes). Vale mais apoiar uma que se dedica ao corredor e que você de fato encontra os verdadeiros apaixonados por corrida, que participar de outras que se dedicam apenas ao comércio. Não que eu deixe de participar das demais, EU AMOOOOO CORRER. E participo sim, das que acho que valem a pena AINDA. Por fim é esta minha opinião, claro que nem todos precisam pensar da mesma forma que penso.

Apesar dos pesares conclui a prova tranquilamente no meu garmim com 58'20. O percurso foi aferido corretamente. Mas para completar a FBA arbitrou errado, meu tempo saiu com 1:00:16, sendo que no garmin marca tudo direitinho. Erro de arbitragem não só em meu tempo, mas de outros corredores. Ponto negativo também. Tiveram sorteios de 2 bicicletas para corredores de fora, e 2 bikes para funcionários. A vantagem do evento, sempre é reencontrar os amigos.

 Reginaldo Holyfied, espia só a gente num close

11 comentários:

elis disse...

Dart, linda, amei esse seu shortinho Baleias! ficou um arraso!

parabéns pela corrida!!!
e que corrida!
começou já na cama, na correria pra chegar a tempo pra largada!
você é rápida, viu!!!
que bom que deu tempo de chegar e ainda tirar algumas fotos!

ai, Dart, também já vi gente cortando caminho!
coisa mais feia!
não faz sentido nenhum isso...

agora, essa do trânsito... será que o pessoal não consegue apoio pra controlar o trânsito?
que correr disputando espaço com carro é muito ruim, e perigoso!

legal que você foi pra corrida!
não desistiu, apesar dos contratempos... parabéns pela garra de sempre, Dart!

um grande abraço!
saudades!!!

Dart Araújo disse...

Oi Elis, e como fui rápida mesmo. Menina nem sei como cheguei. Eu voei literalmente. Banho de 5'.

Com relação ao trânsito eu soube ainda ai no RJ, que se pagam taxas a prefeitura para poder liberar.

O que realmente parece fazer sentido. Já que nas corridas promovidas pelas organizadoras $$$ caras sempre fecham o trânsito por sinal as duas pistas.

Nas promovidas pela federação do estado, ou como esta, no máximo se tem apoio da polícia mas nem sempre bloqueiam tudo. =(

Fábio disse...

Uma pena esta questão do trânsito...

Parabéns pela sua postura em relação a estas provas... e parabéns pela prova


Fábio
www.42afrente@blogspot.com

Berilo Junior disse...

Por falar no transito, eu acho que não houve muta atençao principlmente para os cadeirantes. Eu tive que diminuir meu ritimo para dar cobertura a um cadeirante numa parte onde o transito tava liberado, fiquei um bom tempo atras dele fazendo sinais para os carros irem devagar. Lamentavel essa parte da corrida. O resto para mim tava otimo.

Fábio Namiuti disse...

Correria antes da hora, hein, Dart? Também já acordei atrasado uma vez e, pior, a corrida era a mais de 150 km de casa. Ainda bem que deu tempo! Parabéns pela participação e relato. A etapa do Circuito Nacional de Corrida do Carteiro aqui em SP, que acontece na cidade de Osasco, costuma ser um belo evento. Nunca notei, pelo menos, problemas com o controle de trânsito, que é mesmo um dos aspectos fundamentais de qualquer corrida.

Boa semana e bons treinos!

Fábio

Roberto Encarnação (Bikeselva) disse...

Dart!
Que sorte que a corrida era no quintal de casa. Apesar do susto fez uma boa corrida, parabéns!

Victor Caetano disse...

Trabalho nos correios aqui do Rio, vivo perturbando o pessoal da área esportiva para saber quando vai ser a etapa daqui, sempre falam que está em processo de licitação. Agora é só esperar e torcer para que não acontece esses problemas. Parabéns pela prova.

Abraços

CORRIDA SEM LIMITES disse...

Olá Dart,eu adoro as corridas da Fba me divirto muito com a galera,parabéns pena que não deu para comparecer. bjs

JOSÉ AMÂNCIO NETO - CORREDOR DA 3ª IDADE disse...

Parabéns Dart! Você está certa. Corrida sem fechar direito o trânsito é um horror e para os cadeirantes é pior ainda. O nome disso é falta de respeito. Abraços.

gustavo jonde disse...

Dart, pra quem gosta de corrida, não existe problema que impeça a nossa participação!

Gustavo jonde

Dart Araújo disse...

Eu não diria o mesmo Gustavo. Nem mesmo a sua segurança te impede de correr??? Nem mesmo quando o trânsito esta completamente aberto?? Leu a postagem toda???