sexta-feira, junho 22, 2012

Pedal dos Monumentos

Elevador Lacerda atrás

Desde o domingo passado, 16 de junho, eu simplesmente estou em êxtase. Por conta disso ainda não consegui escrever esta postagem. Muito difícil passar, explicar uma sensação maravilhosa como a que passei no domingo. A começar a noite de sábado foi de muita ansiedade e eu dormi super mal. Mas não podia deixar de levantar super animada para o que iria fazer.

Pois bem, este foi um domingo em que pela primeira vez abdiquei de uma corrida (Corrida Riachuelo) para pedalar. Explico como fiz para decidir por esta opção. A explicação é simples - como já havia corrido na semana anterior, optei pelo Pedal dos Monumentos afinal não é todo dia que temos o prazer de pedalar por pontos turísticos desta cidade "maravilhosa". E muito menos com um grupo animado como o nosso!

Antes da Largada  - Farol da Barra

E foi TODA esta animação mesmo por todos os 48km que percorri, só neste domingo (16 de junho). Nem eu acredito que fiz toda esta quilometragem com tão pouca experiência de pedal na capitá. Pois é e encontramos muitas ladeirinhas pelo percurso ( a Ladeira da Barra, uma depois da Ribeira, a de leve de Ponta de Humaitá e a do Pelourinho). Mas tudo com bom sorriso no rosto e animação.

Nossa largada aconteceu no Farol da Barra. Mas sai da Pituba já com um grupo bom - eu, Dina, Carlos, Tiu Jaime e Carlos Jr. . Pelo caminho passamos em uma lanchonete, ainda na Pituba, para a Dina tomar café. 

Chegando no Farol, por conta do atraso da corrida ainda consegui ver a largada da Riachuelo. Pude reencontrar vários amigos. 

Aguardamos mais um pouco o pessoal e logo depois saímos...

Logo de cara é claro nos deparamos com a subidinha da Barra, sentido Av. 7, Comércio, Elevador Lacerda onde acontece nossa primeira parada ( o pneu de um dos integrantes do grupo furou). Este é um pedal, um grupo que jamais deixamos alguém para trás.


Enquanto troca-se os pneus, as poucas mulheres que tem (de quase 20 no grupo, apenas 4 mulheres) tratam logo de distrair o povo tagarelando. Não é mesmo minha gente? O que seria deste pedal sem as mulheres....rs!

Pneu ok, descemos em direção ao Mercado Modelo. No qual claro fazemos uma parada para aquela foto e foi assim por todo pedal. Não podíamos deixar de registrar, afinal quem acreditaria contando que fui a Ribeira pedalando???

Sorveteria da Ribeira 

Após Mercado Modelo... seguimos Igreja Senhor do Bonfim, Ribeira - Sorveteria da Ribeira (como na foto acima), Igreja Nossa Senhora do Monte Serrat - Farol, Pelourinho- Fundação Casa Jorge Amado, Forum Ruy Barbosa e como segui com uma outra parte da trupe, fomos pela Bonocó até chegar Pituba. 

Ponta de humaitá


Para mim foram 48km até chegar em casa. Quem acredita?? pois é. Nem eu..... e muitos fatos bons para contar....

segunda-feira, junho 11, 2012

Dobradinha de aventuras! Running Daventura e pedal em trilha


Este fim de semana foi recheado de aventura!!! Logo no sábado eu e Lucas estivemos na tão esperada Running Daventura - na Praia do Forte ( a 90km de Salvador).  Saímos bem cedinho de Salvador com os corredores Edson e Nely da loja Zogby.

Como todos já sabem esta é uma corrida que desde a minha primeira participação (ano passado) passei a adotá-la no meu calendário. AMEI esta corrida pelo seu estilo diferenciado, quando o atleta deixa de ser o protagonista para dar espaço a natureza. Esta é a única corrida em Salvador promovida em total contato com este tipo de espaço, exceto algumas mais simples promovidas pela AVAB que acontece no Parque de Pituaçu.O percurso da corrida acontece numa área preservada pelo Ibama na Praia do forte; com altimetria desafiante (no caso da minha quilometragem com altitude de 67m acima do mar), são diversas subidas; solos de barro batido; areia de praia; riachinhos - ou seja um percurso DESAFIADOR. 

Parte da organização. Diretores Tiago Valois e Carolina Chagas,  Carol Gantois, Tomaz, Lucas e....

E se já é desafiador. Este ano decidi aceitar a proposta de Lucas que me disse "Ah Dart me poupe você vai correr de novo 8km? E me propôs o desafio de fazer os 14km" - mesmo tendo chegado quase morta no pórtico ano passado. Apesar de quase não estar treinando, o que é uma vergonha, com a cabeça um pouco mais amadurecida em corridas acabei aceitando a proposta, e me joguei nos 14km sem medo de ser feliz.

Minha decisão ao aceitar a proposta era só em concluir o DESAFIO. Mas por incrível que pareça, além de correr 6 minutos abaixo do tempo que me dei como limite, ainda fui a 1 colocada na minha faixa etária e ainda sai com troféu. Fiquei super feliz!! Uma pena que devido ao número de percursos 5km/8km/14km/21km a organização só tenha feito a premiação na hora, dos campeões gerais de cada percurso. Ou seja meu troféu ainda irei pegar na federação e aguardem que coloco a foto. A FBA demorou a liberar os resultados - um ponto chato.

Já o Lucas que me desafiou nos 14km, imagine o que o mesmo também não fez. Além de estrear como BALEIAS nesta prova, ele simplesmente inventou de correr 21km por já ter corrido os 14km ano passado.  Este Lucas me surpreende. Agora imaginem, sem treinar praticamente nada. Por que tirar Lucas para um treino é raro, ele simplesmente não treina. Mas quando inventa de correr, sai virado na zorra ( como na semana passada que inventou de correr 19k) parecendo que esta bem treinado. Eu cheguei a duvidar que ele completasse a prova. Ele colocou a maior pilha de que eu esperasse ele somente com 3 horas de prova.... Mas que nada, só um pouco acima de 2h Lucas ele já estava chegando. E depois reclama que não tiro foto. Quando eu estava indo aguardá-lo ele já havia chegado. Sinceramente não sei como é isso. Mas meu amoreco esta de parabéns. Além de ter ficado lindo de Baleias fechou os 21km que eu desacreditei.

Lucas estreando de Baleias

Além do evento ter sido mais uma vez MARAVILHOSO, opa com suas ressalvas [ local de entrega de kit distante, atraso na largada, poucos staffs no meio do percurso, lanche podia ser mais fortinho]. Enfim por outro lado gostei do evento e com certeza ano que vem estarei de novo. Esta corrida não perco por nada.

Por sinal assim como não perco este evento, ainda faço propaganda a quem posso. Desta vez enquanto correspondente da Revista Contra relógio em Salvador, até mesmo o editor Tomaz deu o ar da sua graça e esteve presente  na Daventura desafiando os 21km. Ele e sua esposa estiveram na Praia do forte para conferir o evento. Aguardamos recebê-lo em mais eventos. 

Presença do Tomaz editor da Revista Contra Relógio

Além da presença da "Revista Contra Relógio", pude reencontrar amigos corredores que há tempos não encontrava - Lucas Andrade, Roberto, Rebeca e D. Gina, Ivone, Júlio, Luciana, Dora, Terezinha, Miguel Dantas, Cris e Oliveira, Jussara, Sônia , Reynolds, Hilda enfim diversos outros corredores e amigos. Foi um evento e tanto.

Ivone, Dora, Cris, eu, Luciana, Lucas, Roberto e Oliveira

No aguardo para o ANO QUE VEM.... Quem dera que tivesse corrida de aventura mais de uma vez no ano.

E enquanto o ano que vem não chega......


No domingo, com aquele sol e como combinado não tive como resisti e levantei cedo da cama com intuito de fazer trilha de bike em Pituaçu com alguns amigos. Subimos algumas ladeirinhas, cheia de lama... assim como comecei a aprender a descer no escorregadio. Não levei nenhum tombo. Fechamos 15km de trilha dentro de Pituaçu, no entanto não me contentando ainda voltei com alguns amigos pedalando para casa, devo ter fechado uns 30km até em casa. Lucas preferiu dormir.


Depois da subida, uma bela foto


Na volta para casa!

segunda-feira, junho 04, 2012

Comrades em pensamento, corrida e pedal no fim de semana


E apesar da cobrança de muitos, do por que eu estava treinando tão pouco e que só queria saber de bike. Eis que este fim de semana dei o troco e mostrei que em meu sangue "circula CORRIDA"!!! 

O início das atividades do fim de semana começou logo no fim da tarde. Cheguei do curso de português, almocei e como sói acontecer fui direto tirar meu cochilo. Estava tão cansada que apesar de deitar as 13:30 só fui acordada às 16:30 com a ligação de Lucas convidando para correr. É raro Lucas treinar, daí não pude perder a oportunidade e rapidinho me arrumei.

Apesar de ser fim de tarde e eu não gostar de treinar no sentido Rio vermelho este horário (defesa mesmo dos "monstroristas") saímos da Pituba em direção ao Campo Grande via orla. Subimos ladeira da Barra. Já no Campo grande demos uma volta e retornamos sentido Farol da Barra/ Ondina e gordinhas. Nosso treino acabou nas gordinhas onde paramos para tomar uma água de coco. Corri exatamente 17km, Lucas concluiu com 19km. Nem eu sei como consegui. E apesar de ter feitos leves paradas para beber água acho que o treino foi bem bacana.

Muito bom mesmo! E se o sábado foi bom, que o diga o domingo. Melhor impossível. Estava super ansiosa com  a Comrades. Meu pensamento ia e voltava na ansiedade que meus amigos BALEIAS, Wu, Miguelito e Marines, deviam estar sentindo na grande espera da grande prova. Estavam prontos para o grande DESAFIO - Correr os 89km da Comrades, na África.  Apesar da ansiedade deles, nossa, jamais desacreditei no potencial dos BALEIAS, e claro que eles já sabiam  que completariam a prova, independente dos resultados. E com certeza foi isso mesmo que ocorreu. Wu, Miguel e Marines concluíram a COMRADES, que ORGULHO!!! 

E tendo os BALEIAS conquistado a Comrades com certeza o dia não poderia ter sido melhor. Tínhamos mesmo era que aproveitar o domingão!!!

E com certeza aproveitamos. Como alguns já sabem, adquiri uma bike há acredito que um mês, e desde então tenho aproveitado os momentos livres para pedalar. Ás vezes fica até mais fácil pedalar que correr, por que toma menos tempo quando estou sem... 

Pois bem. Em Salvador existem vários grupos de ciclistas ou para os que gostam de ser chamados  de "bicicleteiros". Alguns com agendas mensais realizam passeios, trilhas pela cidade. Seguindo estas e também tendo sido convidada, combinei com alguns ciclistas de participar do evento deste domingo na qual também sera realizado um protesto por mais ciclovias em Salvador. Eu já fiz a amizade com alguns ciclistas via rede social e sendo assim combinei com Adinaildes do Amigos de bike para nos encontrarmos na ciclovia da Pituba junto com os ciclistas que ela também iria trazer.  Saímos numa turma de mais ou menos 8 ciclistas em direção a Fonte Nova. Um destes ciclistas eu encontrei no semáforo quando estava atravessando, o reconheci pela camisa do Amigos de bike, dai perguntei se estava indo para o evento. Afirmando que sim ficamos na espera dos ciclistas que já estavam a caminho. Nos encontramos com Lucas e seguimos via Rio Vermelho.

Thiago, Lucas, eu, Danilo e Iacina

Foram 10km para chegar na  Fonte Nova. Lá já estava uma boa multidão de ciclistas quando chegamos por. Grupos de diversos lugares de Salvador.  No Dique estava acontecendo até uma corrida da OAS, nem soube desta. Por sinal encontramos o amigo corredor Marcos que ficou em 2 lugar na corrida. Encontramos Coxinha Thiago que também tínhamos combinado. Mas enfim tinha tanta gente. Rolou até rede de TV para tudo que é lado. Antes de acontecer o passeio fomos recepcionados com um café da manhã, para turma de ciclistas. Alongamento. Foi ótimo. Por sinal aqueles que apoiarem a campanha queremos mais ciclovia peço que acessem este link e assinem o abaixo assinado. É bem rápido gente!!! Façam isso pelo trânsito.

Minha bike


Saímos da Fonte Nova em direção a Vasco da Gama, Rio Vermelho, pegamos Morro da Paciência,Ondina, até chegar ao Farol da Barra. Até aí mais 10km, primeira etapa do passeio. A segunda etapa seria retornar a Fonte Nova. No entanto como eu e Lucas ainda iríamos para o Cirque du Soleil e já era 11horas da manhã, optamos por retornar com alguns ciclistas - Danilo, Jaime e Paulo Cesar para a Pituba. Foi uma pedalada e tanto, pedalei 31km.

Lucas, eu , Paulo Cesar (atrás), Adinaildes, Lourdes, ... e Nelson

Esta semana que vem estamos vendo a possibilidade de ir para Jaúa pedalando - ida e volta 70km. Falta combinar direitinho, afinal tem outros passeios na agenda. Desde já amei conhecer a turma. Agradeço bastante ao pessoal do Amigos de Bike pelo dia que me proporcionaram e principalmente aos ciclistas que  me ajudaram chegar a Fonte Nova mesmo sem esta experiência toda. Como diz Iacina sou corajosa em tão pouco tempo já estar na rua.  Agradeço ao Nelson pelas orientações principalmente nas ladeiras. As ladeiras que o digam. A Lourdes e Adinaildes pela recepção ao grupo. Ao Jaime, ao Danilo e todos os demais que estiveram comigo. 

A galera que me ajudou a chegar!! 

A tarde eu e Lucas fomos ao Cirque du Soleil. Descrevo o espetáculo com um simples palavra. LINDOOOOOOOOOOO!!!Quem tiver a oportunidade de ter como visita em sua cidade o Cirque du Soleil não deixe de ir pelo preço ou coisa do tipo. O Cirque du Soleil é linddddoooo demais, vale a pena ir. Não deixem de ir. Vá!!!