quarta-feira, novembro 30, 2011

Entrevista nº 6 - Sueli Silva

Nossa o tempo passa tão depressa! Já estamos na nossa sexta entrevista e cada dia que passa e vejo as respostas dos corredores pego mais gosto para esta sessão do blog. Fico muito feliz quando vejo a  mesma reciprocidade de quem ler, por isso ao mesmo tempo em que lanço mais esta entrevista agradeço a todos que por aqui passam, aos que deixam seus comentários e até mesmo aos que passam apenas para dar uma olhadinha. Todos são super bem vindos!

Este mês de novembro mais uma vez, após a abertura com a entrevista da Sandrinha, trago mais uma mulher para que vocês possam conhecer. E que MULHER!!! Aqui só dá guerreiras. 

A Sueli Silva é uma destas mulheres guerreiras, apesar de não expor sua vida a qualquer pessoa, só a mesma sabe todas as coisas que precisou e faz para superar na vida. Mas ao invés de expor suas dificuldades, demonstra-se uma pessoa suave, leve e feliz. É daquelas que pode estar triste, mas saberá a quem se abrir.

Conheci Sueli Silva (pessoalmente) quando a mesma ao saber, via internet, que eu estava indo ao Rio de Janeiro fazer minha primeira meia maratona decidiu ir e me encontrar. Claro que não foi apenas me encontrar, mas sei que fui uma das motivações. No Rio de Janeiro a mesma se hospedou no mesmo hotel que fiquei e desta forma foi meu PORTO SEGURO quando eu ficava ansiosa com a proximidade da corrida. Sueli com suas palavras motivadoras me manteve tranquila e ao fim do percurso acredito que tenha sido a primeira que me deu aquele abraço forte e gostoso, dizendo que eu enfim era a debutante do asfalto. Nossa!!! Que felicidade foi aquele momento! Obrigada Su por ter sua linda amizade. Ainda que a distância pudemos manter este laço forte.  LINDA!!

Então vamos lá...

Nome – Sueli Fátima da Silva
Idade – 45 anos
O que faz? – Gestor Adm e Projetos
Há quanto tempo corre? – 31 anos
Equipe – Nenhuma
Onde mora – Mogi das Cruzes / SP
De onde é – Caraguatatuba – litoral norte paulista




Como surgiu a corrida em sua vida?

Aos 11 anos comecei a jogar vôlei. Enquanto o time se aquecia na quadra com jogo eu ia correr pra aquecer o corpo e esfriar a cabeça... Risos! Um dia em um campeonato de jogos abertos regionais, um treinador me viu e perguntou por qual equipe eu corria. Eu respondi que não era corredora e sim da equipe de vôlei. Ele riu e me disse: Pois está no esporte errado. Eu ri e fui para quadra. 30 dias depois estava treinando com ele em pista onde só havia garotos, que odiavam por sinal ver uma menina ali. Chateada com isso estava num canto um dia, fora do treino e ouvi daquele homem de mais de 2 metros de altura: “Quer chorar volte pra casa, vá brincar de boneca, quer correr entre na pista e ganhe deles.”

Qual a sua maior realização frente a este esporte?

Conseguir longevidade como atleta e continuar correndo sem ter tido lesões sérias.


A corrida atrapalha ou influencia sua vida? O que ela muda em você?

A corrida nunca me atrapalhou em nada. Ao contrário me permitiu concentração nos estudos, capacidade de vencer os medos em geral, desenvolveu em mim visão sistêmica, imprescindível como gestora; capacidade de avaliar as situações de forma rápida e objetiva tomando decisões assertivas durante uma prova e na vida. A corrida não muda ninguém, apenas revela o caráter do corredor. A pista é uma amante implacável, ela expõe o corredor publicamente; ninguém a engana. Acredite! Em algumas pessoas, a corrida gera mudanças de comportamento quanto à saúde para o bem ou para o mal, ou seja, ou a pessoa revê seus hábitos e sente prazer na corrida ganhando qualidade de vida; ou torna-se egocêntrico, desrespeitosamente competitivo, colocando sua vida pessoal/real em segundo plano, mas isso como disse, são desvios que a pista revela...


Quais são seus horários de treinamento e em média quantos quilômetros costuma fazer por dia?

Tenho horários pouco ortodoxos... rs..costumo treinar após as 21h, corro em média 1 hora/dia cerca de 12km e vou à academia em seguida fazer musculação, boxe e pilates...de segunda a sexta. Sábado off ...domingo longos de 20 a 25km entre 11 e 14 horas, aproveitando o pico da alta temperatura, para compensar os treinos noturnos.


Você faz alongamentos antes da corrida? Ou pratica outra atividade para ajudar na sua performance?

Alongamento só após exercícios, sou contra os alongamentos com corpo frio, posição pessoal. Faço aquecimento de 20 minutos antes de largada das provas, em treinos me aqueço nos primeiros vinte minutos depois corro o tempo estipulado. Para melhoria de desempenho, exercícios educativos para corrida, para melhoria de mecânica, postura e coordenação, o que altera passada e otimiza energia aumentando a performance. Musculação para manter forte a estrutura muscular da lombar, abdômen e membros inferiores, protegendo assim juntas e ligamentos e estrutura da coluna.

No dia anterior a corrida como costuma ficar?

Tranquila. É preciso ter consciência que não há milagre. O resultado é de acordo com o que se treinou. Claro que é importante maturidade e equilíbrio emocional para aceitar quando por algum motivo o resultado não for alcançado. Com o número no peito e o ‘tiro’ de largada todos se transformam, mas não viramos máquinas nem super atletas, o corpo não é uma máquina, pode reagir de formas diferentes diante do estresse do momento. O importante é se lembrar que é apenas mais uma corrida e que haverá outras oportunidades e não perder o prazer do momento e de estar com amigos.

Dentro deste esporte qual foi o fato mais engraçado que já enfrentou?

Meninos rejeitando minha presença na pista. Certo dia um garoto gritou do banco durante o treino: “Vai pra casa brincar de casinha! Lembrei do meu treinador e respondi: “Não precisa, sua mãe tá cuidando da minha casinha, assim eu posso vir aqui e te ver pelo retrovisor!”e ganhei mesmo deles sempre nos 1500Mts.

Quais as dificuldades que você enfrenta? (Pode ser na vida ou dentro do próprio esporte).

Creio que as dificuldades são comuns à outros atletas: Falta de recurso financeiro especifico para esporte; falta de local seguro para treinos noturnos; valores muito altos das inscrições, pois hoje é um dos negócios mais rentáveis no país; dificuldade em encontrar médicos especializados em esporte que atendam pelos convênios médicos e por aí vai.


Qual foi sua maior prova?

Em distância? Sempre fui fundista de 21km. Mas a mais difícil sem dúvida foi a Volta ao Cristo em Poços de Caldas. Uma das corridas rústicas mais difíceis do país. Não há queniano que vença lá e eles participam viu?...rs


Caso tivesse que dar alguma dica para um sedentário que esta começando a correr, o que você falaria?

Corra somente com prazer!! Faça um check-up!! Procure um treinador, jamais faça isso sozinho!! Faça musculação!! Corra por você e não para os outros.


Por fim deseja nos dizer mais alguma coisa?

Qualquer prática esportiva tem de ser prazerosa para permanecer como hábito na vida. É preciso descobrir o que se gosta: correr, nadar, caminhar, jogar ping-pong, não importa. Mexa-se, cante, dance, ame e seja feliz!!


Finalizo com o inesquecível abraço GOSTOSO da Sueli Silva, esta pessoa querida...


 Este abraço rendeu.... até Lucas ficou na vontade Su!! Você sabe disso! Mas agora só ele correndo 42km para ganhar este seu abraço.

9 comentários:

Jomar Paulino disse...

É muito bom ler posts como este. Comecei a correr a pouco tempo, e são histórias como estas que me motivam a continuar e a melhorar a cada dia.

Parabéns Dart e Sueli, vocês são D+.

Jorge disse...

---------\\\\|/---------
--------(@@)-------
--ooO--(_)--Ooo--
Também tive a felicidade de conhecer essa super mulher que se chama Sueli Silva aqui no Rio, também sou muito grata a ela pelos conselhos que ela me deu, gosto tanto dela e tenho o maior carinho por ela, já sabia um pouco da história dela e agora lendo aqui no Blog pude conhecer mais ela ainda, pois sou fã dela, mais nem tudo é perfeito né o único problema que ela tem é que ela torce por um time lá de SP...rsss...Parabéns Sueli vc é uma grande guerreira que estimo muito mais e espero que muitas pessoas acessem aqui e leiam a sua história de vida e de superação e siga esse esporte maravilhoso que é a corrida...Valeu Dart por mais uma entrevista...

Bons treinos,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

Anônimo disse...

Ai geeeentee...chorei...rs.

JOMAR o melhor da vida é saber que inspiramos as pessoas para serem felizes! Continue sim querido, vale a pena. Cada um em seu ritmo. Hoje sou uma turtle rapidinha...com algumas limitações fisicas, mas te garanto o prazer é o mesmo e os objetivos de passar por essa fase e buscar resultados de gente grande estão tornando-se cada dia mais possíveis!..uhuu

JORGE CERQUEIRA!!Jorginho, o que me faz grande com meus 1.62cm de altura..rs..são amigos como você. Obrigada pelo incentivo e apoio de sempre, amigo das horas de luta. Sim, nos superamos todos os dias não é Guerreiro? Meu amigo querido e importante nesse meu retorno às corridas!

DART!! Parabéns pela matéria. Muito obrigada pela honra que me foi dada. Você sempre será minha Princesinha das corridas! Então meu amor, não seja danada, na próxima MEIA que acompanhar vocês LUCAS ganhará sim o abraço da madrinha apesar de não ser mais a estréia; óbvio que se ele partir para os 42K estarei lá com meu pupilo e claro que ganhará o abraço tão emocionado quanto na sua estreia nos 21K.

AAAAMOOO...VOCÊS!

Sueli

Roberto Encarnação (Bikeselva) disse...

Dart!
Adorei a entrevista. As corentes respostas da Sueli revelam bastante força e consciência. Espero poder conhecê-la pessoalmente por estas corridas da vida. Quem sabe em janeiro na Volta ao Cristo 2012?
Abraços!

Alan Ricardo disse...

Bom conhecer melhor a Sueli!
Já tinha conversado com ela por telefone quando esta prestes a ir para São Paulo. Ela realmente é uma corredora de corpo, alma e coração.
Um grande abraço Dart e Sueli!

Antonio C R Colucci disse...

Que dupla hein!
Parabéns as duas, ficou ótimo.
Se antes eu já gostava, agora só aumentou. hehe

Beijos meninas... muitos kms para nós!

Colucci
@antoniocolucci

CORREDOR DA TERCEIRA IDADE disse...

Dart,

Gostei muito desta entrevista com a Sueli! Que bonita história! Parabéns para você pela escolha da entrevistada. Continue assim...

elis disse...

parabéns, Sueli!
muito legal a entrevista, Dart!

um exemplo de vida pra nós,a Sueli!

beijão!!!
http://elismc.blogspot.com

marli disse...

Parabéns Dart, pela entrevista, é bom esse espaço no seu blog, dai vamos conhecendo mais as histórias de vários corredores, é muito lega!!!
E ai vai a Pampulha???
Boas Energias,
Bons treinos
www.marlipalugan.blogspot.com