quinta-feira, agosto 16, 2007

Greve de servidores!! Apoiar ou não apoiar?


Há mais de 75 dias, os servidores da minha Universidade (Universidade Federal da Bahia) estão em greve... desde o dia 28 de maio, nesse período ainda estávamos em aula, mas conseguimos concluir o semestre sem servidores.


Tivemos férias, voltamos e nada se resolveu, apesar das assembléias. E agora enfrentamos um impasse, começar ou não o semestre (sem servidores)?

A situação para inicio do semestre é complicado, precário. Primeiro por que alguns alunos não conseguiram se matricular, segundo por que aquelas faculdades que dependem de laboratórios, bibliotecas, e outros recursos que dependem do servidor não tem condições para prosseguir as aulas.


Na minha faculdade (de Educação), consegui me matricular, por que alguns professores acabaram exercendo função do servidor, e estou tendo aulas sem nenhum problema, todos os meus professores (atuais) estão prosseguindo e são contra a paralisação da faculdade devido a tal greve. Os professores parecem não querer paralisar as aulas, estou analisando professores do meu curso – Pedagogia, e sentem que se param, futuramente vão ter que dar aulas, enquanto outros estarão de férias. Quanto aos alunos, estive presente na assembléia e fui uma das que se posicionou contra a paralisação, mas na frente explico meus motivos... muitos foram contra a paralisação, porém sendo levado a posição dos estudantes a congregação da faculdade, acabou-se por deliberar a posição de paralisação, que também será levada para o Consepe, que ocorrerá na sexta-feira, e assim se decidira qual rumo tomaremos.


Acho que a greve dos servidores é muito justa, e se faz necessário, eles estão lutando pelos seus direitos, coisas que nós estudantes também fazemos quando corremos contra a Universidade Nova, contra a falta de funcionários, e por ai se vai toda uma imensa pauta que temos; MAS tem um porém, acho que greve não funciona mais nesse país e que já não é mais uma forma de pressão ao governo, tanto que já estamos quase entrando no 80º dia de greve... e nada se resolveu. As posições continuam a mesmas e o movimento só tem a enfraquecer sem nada conseguir, não é pessimismo, mas acho que devemos criar outras estratégias, pois estas parecem não mais funcionar. Já é intenção do governo até criminalizar a greve, e o que vamos fazer quando não pudermos mais faze-las? Os professores estaduais ficaram de greve por mais ou menos 40 dias e nada se resolveu também, pelo contrário ainda foram punidos... e hoje dão aulas sendo fiscalizados, pois aos sábados muitos não querem repor as aulas.


E o quadro é esse... essa geração!!! o que fazer? Quando olho para minha faculdade e vejo todo aquele rebuliço, por que não digo que os servidores não fazem falta, claro que fazem...estamos funcionando, sem eles? sim... porém não digo que esta um mar de rosas, NÃO!!! e o governo precisa se tocar e fazer algo. Eu estudo por que tenho condições de tirar XEROX de livros (de forma ilegal, mas faço, fora da lei!!!), mas e os estudantes que não tem? nossas bibliotecas estão fechadas e o Hospital das clinicas também se encontra fechado, são muitas pessoas que estão a espera de servidores para marcarem uma consulta, fora outros prejuízos.


Os servidores precisam ENGOLIR o congelamento dos seu salários até 2016 , enquanto o salariozinho dos senadores, deputados, governadores só tendem a crescer... é isso mesmo?


NÃO VAMOS ACEITAR! VAMOS A LUTA!!! SIM,

CONTRA ESSA RIDICULARIZAÇÃO.... A ESSA MESQUINHEZ...


Servidores não tem direito nem a plano de saúde.... isso é um absurdo!!!


Mas quanto a minha posição na assembléia... sou contra a paralisação das atividades na faculdade, não por egoísmo... mas por que acho que essa não é a melhor resposta a se dada. Creio que mesmo com toda precariedade, precisamos seguir com nossos trabalhos... lutamos e defendemos as mesmas causas? Por uma universidade pública, laica e autônoma? sim, pode ser, mas sou muito mais a favor de se parar um dia, ou três... seja lá o que for, para chamar atenção (de uma outra forma) com um movimento grande, com estudantes, professores, todos apoiando, na rua... que parar e cruzar os braços... fazer greve de pijama...como alguns costumam fazer. Mas preciso deixar claro, que não são todos os grevistas que tiram férias no momento da greve, apenas alguns e que por isso mesmo acho que não adianta paralisarmos... e sim que façamos uma luta, uma grande força e sem ser utópica para tentar acabar com essa greve e fazer com que o governo acate as reivindicações dos servidores.


Então é isso,

acho que não devemos parar nossa atividades, mas apoiar os servidores de uma outra forma.... deixarmos de ter aulas pode trazer mais prejuízos ainda... e por que não se unir de uma outra forma. Unir de um forma com que todos lutem (juntos), é uma forma até de dar maior força aos movimentos que estão enfraquecidos... ( por exemplo os dos professores, que esta sem força para fazer greve).

Nenhum comentário: