terça-feira, novembro 14, 2006

Bem, vou seguir o exemplo de minhas amigas...risos!! e também falar um pouco do VII Seminário de Pesquisa e Pós-graduação (VII SEMPPG) XXV Seminário Estudantil de Pesquisa (XXV SEMEP), ocorrido na UFBA nos dias 08, 09, 10 e 11. Como vocês sabem, por que já divulguei aqui... eu estava juntamente com o pessoal da Rádio Faced transmitindo o seminário. Fizemos entrevistas e acompanhamos de perto as pesquisas apresentadas. O tema de abertura foiA Física da Vidaproferida pelo Professor Herch Moysés Nussenzveig (UFRJ), que expôs conceitos de física, falou sobre a Termodinâmica e tals. Além dessa primeira conferência , aconteceu também a apresentação da peça Navalha na Carne, muito boa...apesar de eu ja ter assistido. O Ricardo Fagundes também apresentou " O Grande Passeio", de Clarice Lispector que foi resultado da sua pesquisa de mestrado.
Quanto aos outros dias...ocorreram tranquilamente com as sessões temáticas e os painéis. Porém não fiquei satisfeita com uma coisa... como eu sou uma pessoa que gosta muito, muito, muito, de arte, não gostei da separação dos painéis dessa área em relação as outras...os painéis de dança, teatro, música, letras e outros ficaram distantes dos de Educação, C. da Computação, Filosofia e tal, e até eu me deixei passar...que só fui encontra-los quando o pessoal já estava recolhendo os mesmos. Uns ficaram no Paf 1 e outros na faculdade de Biologia...não achei legal, e essa é até uma sugestão para o próximo Semep. Eu queria muito que as pessoas valorizassem mais essa área e que a própria Universidade desse conta dessa separação que a mesma faz......
no mais foi muito legal...ah!!não...também senti falta dos estudantes...apesar de ser um seminário de pesquisa....não tinha tantos estudantes...acho que poderiamos ser mais presentes....
cadê os estudantes????

Um comentário:

Greice Silva disse...

Oi colega
Gostei muito do seu comentário sobre a aula. Adorei quando vc abordou a escola assim como vc acredito que escola de ve extravasar no sentido de regras, horarios, determinações sem uma conversa previa com os alunos.
Nesse mundo em que todos estamos conectados de alguma forma tem muito a se entender sobre diferença, ética e principalmente respeito.

Beijos.