segunda-feira, setembro 18, 2006

Se te sentes tão segura, por que não demonstra isso a todos?
Se te sentes tão bem? PoR que acredito que não? Teu rosto revela o que tu queres, teu sorriso não me engana e tua testa destila dúvida.
Será que te conheço melhor que tu
mesma? Será que tua personalidade é dupla, tripla ou até mesmo invisível de ti?
Nossa...quanta confusão,
se olha,
cuidado,
se tenta, reflete,
ser mesma,
estás e vemos a tristeza da tua insegurança, incerteza. Alguém te conhece de verdade...Só posso dizer para não temer, não tenhas medo...mas lembre-se: colhemos o que plantamos...

Feliz a Ti , Feliz a mi...

Dart Clea
13/08/06
12:55


Creative Commons License


Este
poema está licenciado sob uma
Licença Creative Commons.

3 comentários:

Fabrício Salim disse...

Oi Dart!
Achei muito lindo teu texto!
Só pra dizer que passei por aqui,OK?
Bjão,
Fabrício_Veterinária_Polêmicas

Adalton Silva disse...

As vezes, numa mesa de rpg, muitos ditados filosóficos podem surgir: "Quem não morre, não vê Deus!"

Jojó Gouveia disse...

OI Dart, seja bem vinda durante eventuais paseios no meu blog querida! Vi que está lendo sobre a quntãos da tv digital, e minha equipe em tecnologias vai abordar o tema tv, vídeo e edc. Tô ansiosa p ver suas postagens!!! Um super abraço!!!!!!